Levantamento mostra taxas de juros de linhas de crédito para empresas.

09/10/2012

Possuem fortes variações as taxas de juros das operações de crédito para empresas, informa levantamento com dados do BC (Banco Central) feito pela Folha. Os empréstimos para desconto de duplicatas, ou seja, títulos de créditos que os bancos adiantam dinheiro às empresas, cobrando juros, é de 1,02% ao mês a menor taxa (Citibank) e 5,41% ao mês, a maior taxa (BVA).


A modalidade de capital de giro, que é quando o empreendedor toma empréstimos para arcar os custos do dia a dia, foi prefixada a variação de 0,79% ao mês (Indusval) a 4,81% ao mês (Banif). O capital de giro flutuante possui juros de 0,21% ao mês (Alfa de Investimento) a 4,81% ao mês (Bonsucesso).


Os empréstimos de conta garantida que empresários buscaram, encontraram variações de 1,31% ao mês (Alfa de Investimento) a 8,78% (HSBS Bank Brasil).


As linhas apara aquisição de bens possuem taxas de 0,3% ao mês (Companhia CFI RCI Brasil) a 10,29% ao mês (banco Commercial Investment Trust Brasil).


Essas taxas informadas pelo BC são uma média das taxas que foram cobradas nos cinco dias úteis no período de 18 a 24 de setembro. Entre a publicação dos valores e as datas, a defasagem se deve ao tempo que os bancos levam para apurar e repassar os dados para o Banco Central.


Não existe, portanto, uma periodicidade definida para atualizar os valores dos juros. Conforme são liberados pelas instituições financeiras, os dados são informados no site do BC.


As taxas ao mês são o resultado de valores efetivos-dia pelo número de dias úteis em um mês, contando o ultimo dia útil e não contando o primeiro.



Fonte: Folha de São Paulo.