Para lidar com a baixa dos juros, bancos investem em treinamento para gerentes.

14/11/2012

Os bancos estão focando em novas estratégias com objetivo de manter clientes e conquistar novos aplicadores devido a redução da taxa básica de juros e o retorno mais baixo dos investimentos em renda fixa.

 

Esses bancos estão atuando em duas frentes: Recapacitando gerentes que atuam para anteder novas necessidades dos clientes. E qualificam investidores, oferecendo-lhes palestras de educação financeira e modificações em regras de entrada em alguns fundos.

 

O banco HSBC oferece treinamento para os gerentes e consultores financeiros que aconselham clientes remotamente. Segundo Geraldo Poso, superintendente de gestão de patrimônio do HSBC é necessário "sair da zona de conforto e buscar alternativas" para que os rendimentos não caiam.

 

O Itaú já ofereceu instruções financeiras para 70 mil funcionários, além de empresas e jovens, segundo a superintendente de sustentabilidade Denise Hils.

 

A primeira medida tomada pelo banco Santander, foi reduzir a aplicação de alguns fundos de renda fixa para R$ 1.000,00, tornando mais acessível àqueles que rendiam mais que a poupança.

 

Os gerentes devem ainda rever as carteiras de investimentos dos clientes, foram orientados a não aceitar que os clientes deixem dinheiro na poupança, pois pode render menos que a inflação.

 

Os gerentes estão utilizando novas tecnologias que reúnem informações sobre o cliente e os produtos mais adequados para eles, segundo Simão Luiz Kovalski, da diretoria de clientes do Banco do Brasil.

 

Por sua vez, o Bradesco investe em educação financeira, utilizando tecnologia para traçar o perfil de investimento de seus clientes, segundo Edimir José Domingues, esses cursos são oferecidos gratuitamente no site do banco, cujo o número de acesso está chegando a 1 milhão.


 

Fonte: Folha de São Paulo