Entram em vigor novas normas para portabilidade do crédito com recursos do FGTS

07/05/2014

Na segunda-feira (5) as novas normas para portabilidade de crédito imobiliário com recursos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) passou a valer. Para a nova regra, é possível que o cliente transfira sua dívida para um banco que tenha juros menores. Essa medida será possível em todas as agências bancárias brasileiras.

 
Porém, existem algumas regras para a transferência de saldo devedor. Entre elas, o valor e o prazo da operação não podem ultrapassar o tempo limite da operação com crédito. Outra norma é que o sistema de amortização não pode ser mudado. Caso haja qualquer divergência entre as informações dos bancos, o banco poderá solicitar as informações completas ou simplesmente rejeitar a transferência.
 
Também entrou em vigor na segunda-feira (5) as novas normas para o Leasing, que é a portabilidade de outras operações de crédito e rendimento mercantil.  Essa medida foi aprovada no dia 27 de março pelo Conselho Monetário Nacional (CMN). O objetivo dessa medida é simplificar a movimentação de crédito.
 
Essa nova regra simplifica a liquidação de antigos financiamentos. Antes para fazer a quitação de empréstimos, os bancos tinham que atualizar os dados a partir da diferença da Taxa Selic (juros básicos). Essa conta era efetuada a partir do dia da abertura e finalização. A diferença é que a partir dessa nova regra, os juros serão contados a partir de especificação do contrato.
 
Outras regras de facilidade foram aprovadas em dezembro do ano passado. Essas medidas foram aceitas de forma positiva pelas agencias bancárias e também pelos clientes.  Caso tenha qualquer duvida sobre as mudanças, procure o site do Banco Central. 
 

Fonte: Agência Brasil