Banco Central muda página na internet para facilitar entendimento sobre spread

04/02/2009
Brasília - O Banco Central muda amanhã (5) a forma de apresentação dos juros bancários em seu endereço eletrônico na internet, com o objetivo de “facilitar o acesso às informações pelo público não-especializado”. A informação foi transmitida no início da noite de hoje (4) pelo diretor de Administração do banco, Anthero Moraes Meirelles. Anthero Meirelles disse que a nova apresentação “oferece maior capacidade de análise”, se comparada às anteriores, que, de acordo com ele, eram mais extensas e complicadas para o público em geral. Segundo ele, a página foi reorganizada de modo que o interessado possa identificar rapidamente a composição de juros dos serviços ou aplicações que procura, e com isso calcular também o spread médio fixado por cada instituição e fazer sua escolha. Apontado como maior responsável pelo encarecimento do crédito, o spread é a parte variável entre o que os bancos pagam na captação de recursos e o que cobram na concessão do empréstimo, aí incluídos impostos e a margem de ganho das instituições financeiras, responsáveis pelo elevado aumento dos juros finais ao tomador, de acordo com justificativa dos bancos. O diretor do Banco Central lembrou que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva determinou estudos à área econômica para ver o que pode ser feito de imediato para reduzir essa “cunha”. “Há expressa detrerminação do presidente para que a questão seja tratada com prioridade”, disse ele. O que pôde ser feito de imediato foi a facilitação de navegabilidade para que seja possível entender melhor os juros cobrados por cada instituição.

Fonte: Agência Brasil