CMN aumenta limite de crédito para produtores de aves e suínos

19/02/2009
Brasília - O Conselho Monetário Nacional (CMN) autorizou hoje (19) a elevação dos limites de crédito para os produtores integrados fazerem o custeio da avicultura de corte, de R$ 24 mil para R$ 40 mil, e para a produção de perus e suínos, que vai passar de R$ 36 mil para R$ 60 mil. Segundo o Ministério da Fazenda, esses ajustes visam garantir a disponibilidade de recursos necessários ao setor. O CMN também colocou nova condição para a compra de máquinas e equipamentos, dentro do Programa Nacional de Agricultura Familiar (Pronaf) Mais Alimentos. Visando manter o foco do programa, os financiamentos para a aquisição de máquinas e equipamentos – tratores e motocultivadores – serão válidos somente para aqueles com potência de até 78 cavalos-vapor. De acordo com o ministério, a medida visa assegurar a correta destinação dos recursos dessa linha de crédito e reduzir o risco de endividamento dos agricultores familiares.

Fonte: Agência Brasil