Petrobras confirma para este ano início da produção de etanol

06/05/2009
Rio de Janeiro - O novo presidente da Petrobras Biocombustível, Miguel Rosseto, confirmou que a Petrobras deverá dar início à produção própria de etanol ainda em 2009. Miguel Rosseto assumiu hoje (6) a direção da subsidiária da Petrobras em substituição a Alan Kardec, que se aposentou. Rosseto adiantou que, para os próximos anos, a intenção da empresa é também a de construir novas fábricas. “Para iniciarmos a produção ainda este ano, nós estamos analisando participação em usinas já existentes, mas para os próximos anos nós estudamos a criação de novas fábricas para produzir álcool. No primeiro caso, a nossa participação será sempre minoritária, mas na construção de novas unidades poderemos nos associarmos a outras empresas ou tocarmos o projeto sozinhos”, disse, ao assumir o cargo. Para dar andamento aos projetos no segmento de álcool, a Petrobras Biocombustível está direcionando 80% dos investimentos da empresa - que nos próximos cinco anos deverá totalizar cerca de R$ 5 bilhões - para o setor de etanol. Rosseto não adiantou o volume de álcool que a Petrobras Biocombustível deverá produzir ainda este ano, mas admitiu que a estratégia da empresa é chegar a 2013 produzindo cerca de 4 bilhões de litros de etanol. Presente à solenidade de posse, o presidente da Petrobras, José Sergio Gabrielli, também admitiu a possibilidade de que a estatal dê início este ano à produção de etanol, mas em parceria e de forma minoritária com usinas já existentes. “Nós não teremos nenhuma planta própria de etanol para iniciar a produção este ano, mas temos entendimentos com outras empresas que podem nos permitir iniciar a produção ainda este ano. Mas participaremos dos empreendimentos sempre de forma minoritária”, disse.

Fonte: Agência Brasil