Caixa promove Feirão da Casa Própria em 10 cidades

09/05/2009
Brasília - A Caixa Econômica Federal promove de 14 de maio a 21 de junho a 5ª edição do Feirão Caixa da Casa Própria em dez cidades. Segundo a Caixa, somente nos cinco primeiros eventos estão disponíveis cerca de 109 mil imóveis, usados e na planta. A feira passará pelo Rio de Janeiro, por Salvador, Curitiba, Uberlândia, Belo Horizonte, São Paulo, Brasília, Recife, Porto Alegre e Fortaleza. No final de abril, a Caixa bateu novo recorde em contratação habitacional. Foram, ao todo, emprestados R$ 10 bilhões até abril, o suficiente para atender a 207 mil famílias com a casa própria. O montante é 104% a mais do que o emprestado no mesmo período do ano anterior (R$ 4,8 bilhões). Em quantidade, o aumento é de 114% (96,6 mil moradias). A expectativa da Caixa é de que o feirão de 2009 supere os realizados nos anos anteriores. Somente no ano passado, o evento movimentou recursos da ordem de R$ 4 bilhões, totalizando cerca de 39 mil contratos, sendo 23 mil fechados no próprio evento. Segundo a Caixa, o feirão reúne num único espaço todos os agentes da cadeia da habitação como construtoras, corretores, cartórios e técnicos do banco, responsáveis por analisar e liberar os financiamentos. De acordo com o banco, o feirão também será uma oportunidade para conhecer projetos enquadrados dentro do programa Minha Casa, Minha Vida, voltado para famílias com renda de até 10 salários mínimos. Até o momento, o banco registra 268 propostas de empreendimentos habitacionais, sendo 156 destinados para o público de menor renda. Já foram assinados dez contratos, o que corresponde a 1.730 unidades, num montante de R$ 90,7 milhões em investimento. O plano nacional já soma 340 municípios parceiros. A primeira cidade a receber o feirão é a capital fluminense. O evento ocorre de 14 e 17 de maio, no Pavilhão 2 do Riocentro, e conta com a participação de 64 construtoras e 84 imobiliárias. Estarão disponíveis mais de 66 mil imóveis, entre novos, usados e na planta. A Caixa espera movimentar durante os três dias de evento, recursos da ordem de R$ 750 milhões, 16,28% a mais do que no ano passado. De 15 a 17 de maio, serão realizados quatro feirões simultaneamente, nas cidades de Salvador, Curitiba, Uberlândia e Belo Horizonte. Na capital do Paraná, serão ofertados 11 mil moradias e o evento contará com o apoio de mais de 160 parceiros, entre construtoras e imobiliárias. A estimativa é receber 35 mil visitantes. Para o feirão de Belo Horizonte a meta é movimentar R$ 400 milhões nos dois dias. O evento ofertará mais de 1.100 imóveis e terá a participação de 42 construtoras e 30 imobiliárias. Em Uberlândia, outros 2.700 imóveis estarão à venda, numa estimativa de movimentar R$ 150 milhões. Em Salvador, o evento deve atrair 50 mil visitantes interessados nas mais de 27 mil unidades disponíveis. O evento terá a presença de 50 empresas do segmento e a expectativa de negócios é de R$ 300 milhões.

Fonte: Agência Brasil