Entenda o seguro educacional

09/12/2004

Entre as formas de seguro oferecidas no mercado está o educacional. Essa modalidade tem por finalidade auxiliar o custeio das despesas com educação de seu beneficiário, em caso de morte ou invalidez do responsável pelo estudante. O beneficiário deverá ser sempre o educando, ainda que representado ou assistido. Os valores aplicados no seguro podem ser resgatados pelo estudante aos 18 anos, por exemplo, como uma poupança, ou, em caso de morte ou invalidez do titular, a seguradora se responsabiliza pelo pagamento das mensalidades escolares do beneficiário até os 24 anos.

Os riscos seguráveis podem ser:

  1. do responsável legal pelo pagamento das mensalidades, à exceção do educando: morte qualquer causa; invalidez permanente e/ou temporária, total e/ou parcial; perda de renda.
     
  2. do próprio educando, quando for responsável pelo pagamento das mensalidades escolares: perda de renda.

Pode-se incluir como risco segurável a invalidez permanente total e/ou parcial do educando, em função das limitações profissionais futuras decorrentes de sua situação de invalidez.

A modalidade educacional não inclui os seguros de acidentes pessoais que visem, exclusivamente, à cobertura de acidentes dos educandos durante a permanência no estabelecimento de ensino ou em seu trajeto.

O pagamento periódico da indenização referente exclusivamente às mensalidades escolares pode ser realizado diretamente ao estabelecimento de ensino, desde que haja anuência do responsável legal pelo educando, ou dele próprio quando maior, a ser firmada periodicamente.

É importante saber o tipo de plano oferecido pela seguradora, porque nem todos são resgatáveis.

Fonte: TPT Comunicação Ltda.