Tesouro capta US$ 525 milhões com títulos nos Estados Unidos, Europa e Ásia

30/07/2009
Brasília - O Tesouro Nacional informou que, além dos US$ 500 milhões de papéis brasileiros vendidos nos mercados europeu e norte-americano, foram negociados US$ 25 milhões no mercado asiático. Ontem (29), o Tesouro reabriu a venda no exterior dos títulos brasileiros conhecidos como bônus da República, os Global 2037, com vencimento em 20 de janeiro de 2037. O título foi emitido com cupom de juros de 7,125% ao ano e com spread de 195 pontos-base acima do Treasury (título do Tesouro americano) com vencimento em maio de 2037 e a venda ficou a cargo do Deutsche Bank Securities Inc. e do J.P. Morgan Securities Inc. Os papéis foram colocados ao preço de 108,63% do seu valor de face, resultando em taxa de retorno para o investidor de 6,45% ao ano. A taxa é a menor desde que o Brasil começou a emitir títulos de igual prazo e significa que os investidores estão mais confiantes nos fundamentos da economia do país. A liquidação financeira ocorrerá em 5 de agosto de 2009 e os cupons serão pagos nos dias 20 de janeiro e 20 de julho de cada ano, até o vencimento em 20 de janeira de 2037. Segundo informou o ministro da Fazenda, Guido Mantega, a procura pelos títulos atingiu US$ 7 bilhões e superou em 14 vezes a oferta. Na última vez em que o governo lançou papéis com vencimento em 2037 foi em janeiro de 2007. Edição: Tereza Barbosa

Fonte: Agência Brasil / Repórter: Daniel Lima