Greve deixa 260 agências fechadas em cidades paranaenses

02/10/2009
Curitiba - Em Curitiba e região metropolitana, 260 agências bancárias estão fechadas hoje (2), totalizando 13 mil trabalhadores em greve, segundo levantamento do sindicato da categoria. O índice é de 58,5% de agências paralisadas. No primeiro dia de greve (24), 32% das unidades bancárias – 144 agências – estavam fechadas. Cerca de 250 agências que aderiram ao movimento fazem parte dos sindicatos filiados a Federação dos Trabalhadores no Ramo Financeiro no Estado do Paraná (Fatec-CUT-PR) Segundo a assessoria do Sindicato dos Bancários de Curitiba e região, o presidente da instituição, Otávio Dias, membro do comando nacional, está em São Paulo para participar das negociações, mas convoca os trabalhadores para que se mantenham mobilizados, “demonstrando mais uma vez, a força e a organização da categoria.” Ontem (1), cerca de 6,9 mil agências não tiveram expediente em 26 estados. O Comando Nacional dos Bancários ainda não conseguiu chegar a um acordo com Federação Nacional dos Bancos (Fenaban) e o diálogo está sendo retomado na manhã de hoje. A última proposta da federação foi de um reajuste salarial de 4,5% e mais 5,5% de participação nos lucros e resultados. A categoria reivindica 10% de reajuste salarial e participação nos lucros de três salários, acrescidos de valor fixo de R$ 3.850. Os trabalhadores também querem a inclusão na convenção coletiva de trabalho de uma cláusula de proteção ao emprego em caso de fusão de bancos. Edição: Talita Cavalcante

Fonte: Agência Brasil / Repórter: Lúcia Nórcio