Ipea discute papel do Bric depois da crise econômica mundial

14/04/2010
Brasília - O Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) realiza hoje (14) e amanhã em Brasília a Cúpula Bric: O Papel do Bric após a Crise Econômica. O encontro começa às 8h30 no Hotel Mercure. O Bric é o grupo que inclui o Brasil, a Rússia, a Índia e a China.

O encontro reúne representantes dos governos e pesquisadores de centros de estudos dos quatro países. Logo após a abertura, haverá entrevista coletiva com o presidente do Ipea, Marcio Pochmann, e representantes dos demais países. Às 10h, a coordenadora de Estudos de Relações Econômicas Internacionais do Ipea, Luciana Acioly, apresenta o comunicado Rússia, Índia e China: Comércio Exterior e Investimento Direto Externo.

O estudo apresenta os diferenciais de cada país do Bric no comércio internacional, seus pontos fortes e desafios. Durante os dois dias da Cúpula, será discutido o novo papel desses países no cenário mundial, com destaque para os impactos da crise financeira internacional, a dinâmica do comércio exterior, a mudança climática global e o papel dos investimentos estrangeiros diretos, entre outros.

Participam da solenidade de abertura o ministro-chefe da Secretaria de Assuntos Estratégicos, Samuel Pinheiro Guimarães, o secretário-geral do Ministério das Relações Exteriores, Antônio Patriota, o diretor do Centro Internacional de Políticas para o Crescimento Inclusivo, Rathin Roy, o vice-presidente da Academia Chinesa de Ciências Sociais, Li Yang, e os embaixadores da Índia, B. S. Prakash, da China, Qiu Xiaoqi, e da Rússia, Sergey Pogosovich Akopov.

Edição: Graça Adjuto

Fonte: Agência Brasil