Juros do cheque especial e de empréstimos pessoais têm em julho terceira alta seguida

20/07/2010
São Paulo – As médias dos juros dos empréstimos pessoais e do cheque especial subiram em julho pelo terceiro mês consecutivo. Segundo pesquisa divulgada hoje (20) pelo Procon, a taxa média dos empréstimos aumentou de 5,28% para 5,42% ao mês. Os juros do cheque especial passaram de 8,90% para 9,06% ao mês.

Dos nove bancos incluídos no estudo mensal do Procon, quatro elevaram os juros cobrados pelo uso do cheque especial de junho para julho (Banco do Brasil, Bradesco, Itaú e Unibanco). Três aumentaram os juros dos empréstimos pessoais (Banco do Brasil, Bradesco e HSBC).

De acordo com a entidade, a média das taxas aumentou em julho mais do que em meses anteriores. Isso ocorreu, em primeiro lugar, devido aos aumentos feitos pelas instituições financeiras, mas também pela exclusão do banco Nossa Caixa da pesquisa. Incorporado pelo Banco do Brasil no último dia 25, a Nossa Caixa oferecia a seus clientes os juros mais baixos entre os consultados pelo Procon.

Agora, a pesquisa do Procon inclui as seguintes instituições: Banco do Brasil, Bradesco, Caixa Econômica Federal, HSBC, Itaú, Real, Safra, Santander e Unibanco.

Edição: Juliana Andrade

Fonte: Agência Brasil / Repórter: Vinicius Konchinski