Pela 11ª vez a perspectiva de crédito para os consumidores recua no páis

31/03/2011

A perspectiva de crédito para os consumidores recuou 0,2% em fevereiro, registrando a 11ª queda mensal consecutiva, atingindo o valor de 99,5, segundo o indicador da Serasa Experian divulgado nesta quinta-feira (31).

Como o indicador procura prever um horizonte médio de seis meses, o resultado sinaliza que o processo de desaceleração do crédito ao consumidor, iniciado no final de 2010, deverá se estender, pelo menos, até os primeiros meses do próximo semestre, na avaliação dos economistas da entidade.

O conjunto de medidas anti-inflacionárias já adotadas pelo governo combinado com um nível de endividamento mais elevado do consumidor, completam os analistas, deverão continuar proporcionando uma trajetória menos acelerada do ritmo de concessões de crédito às pessoas físicas.

Para as empresas, o indicador caiu 0,4% em fevereiro, com a quarta queda mensal seguida, atingindo o valor de 102,1.

Segundo os economistas da Serasa, esse resultado aponta que impactos restritivos sobre o crédito para as empresas deverão prevalecer durante os próximos meses, uma vez que as condições de financiamento para as pessoas jurídicas também já começam a ficar menos favoráveis.

Fonte: Folha.com