Brasil é o quinto país que mais recebe investimento estrangeiro

27/07/2011

Em 2010, o Brasil passou a ocupar a quinta posição entre os países que recebem mais investimentos estrangeiros diretos (IED), segundo a Conferência das Nações Unidas para o Comércio e o Desenvolvimento (Unctad), dados divulgados nesta terça feira (26) pela Sociedade Brasileira de Estudos de Empresas Transnacionais e da Globalização Econômica (Sobeet).

Um ano anterior, o Brasil ocupava ainda a 15ª posição entre as nações que mais recebiam investimentos estrangeiros, com a atração de US$ 25,9 bilhões. Porém, no ano passado, o Brasil recebeu US$ 48,4 bilhões em IED. Estima-se que até 2013, o Brasil suba mais uma posição pelo menos. Um levantamento feito pela Unctad entre as empresas multinacionais apontou o Brasil como um dos países mais citados para investimentos, atrás de China, Estados Unidos e Índia.

Foi a primeira vez na história que os fluxos de investimentos diretos estrangeiros para as economias em desenvolvimento superaram os fluxos de investimentos para as economias desenvolvidas. Do total de US$ 1,24 trilhão, mais da metade (51,3%) foi destinado às economias em desenvolvimento.
Segundo o relatório divulgado, as saídas de investimento das economias em desenvolvimento cresceram 21% em 2010 e responderam por 29% do total de fluxos globais de investimentos estrangeiros. No ano passado, o Brasil foi responsável por 0,9% desse total. Para a Unctad, se for mantida a atual velocidade de desconcentração dos fluxos por origem, em 2017 os países em desenvolvimento deverão ultrapassar as economias desenvolvidas.

Fonte: Agência Brasil / Elaine Patricia Cruz