Em Janeiro atingindo 5% do PIB, Crédito Habitacional triplica desde 2007.

29/02/2012

 Ontem (28) o chefe do Departamento Econômico do Banco Central (BC), Túlio Maciel divulgou que, o crédito para a compra da casa própria atingiu em janeiro a marca de 5% de tudo o que a economia produz. O volume de crédito habitacional mais do que triplicou em relação ao Produto Interno Bruto (PIB), desde 2007. “Em janeiro de 2007, o crédito habitacional correspondia a 1,5% do PIB. Em janeiro de 2011, esse total era 3,7%”, comparou Túlio. 

Atingindo R$205,8 bilhões no mês passado, o volume de crédito habitacional, alta de 2,7 com relação ao mês de dezembro e de 44,5% em um ano. Correspondem a créditos direcionados R$191,3 bilhões do total de crédito habitacional. Os dados das preliminares sobre a evolução do crédito em fevereiro, também foi divulgado pelo Chefe de Departamento do BC.
Foram divulgados também os dados preliminares sobre a evolução em fevereiro. Em relação a Janeiro os juros médios das operações totais de crédito cresceram 0,3 ponto percentual, até 10 de fevereiro. E para pessoas físicas aumentaram 1,2 ponto, sendo que os juros cobrados das empresas diminuíram 0,6 ponto. E subiu 0,7 ponto o Spread Bancário (diferença entre as taxas pela qual os bancos captam recursos e os juros cobrados dos tomadores de crédito).
“Os dados são apenas preliminares. Durante o mês, o comportamento pode mudar ao longo de fevereiro, até porque o número de dias úteis foi reduzido por causa do carnava’’ , disse Maciel, que evitou fazer previsões para este mês, apesar de os números indicarem que o crédito continuará a crescer em fevereiro. 
 

Fonte: Agência Brasil / Repórter Wellton Máximo