Abril registra alta da Confiança do empresário do comércio na economia

10/05/2012

No mês de abril, o Índice de Confiança do Empresário do Comércio (Icec) obteve uma alta de 0,4%, comparado ao mês de março, sendo assim, a pontuação geral ficou em 127,6 pontos, com base nos dados publicados ontem (8) pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC). Apesar da alta, se comparar com o mês de abril do ano passado, o índice obteve uma queda de 1,4%.

 
Esta pesquisa da CNC revela que o Índice de Expectativas do Empresário do Comércio, que representa um dos indicadores do Icec, apresentou alta de 3,4% em relação a 2011 e de 1,3% comparados ao mês de março. Em entrevista, o economista João Felipe Santoro Araújo da CNC afirma que “esse resultado já reflete uma expectativa de melhora nas vendas para o segundo semestre deste ano, em função da queda dos juros”.
 
No caso do Índice de Condições Atuais do Empresário do Comércio, que entra também na composição do Icec, foi registrada quedas de 1,3% no mês de abril, em relação ao mês anterior, e de 7,8%, na comparação anual.  “O empresário hoje não vê a situação dele tão favorável, no entanto, ele espera que essa situação melhore daqui pra a frente”, afirma Araújo.    
 
Em avaliação recente da CNC, o comércio poderá começar a sentir os efeitos dos estímulos monetários anunciados pelo governo durante este segundo semestre. “É complicado estabelecer uma causalidade entre queda de juros e resultado de vendas, mas a gente espera que um menor comprometimento da renda com os juros do crédito abra espaço para que as pessoas consumam mais”, analisa João Felipe .
Fonte: Agência Brasil
 

Fonte: Agência Brasil