Em Abril, cai 8,5% das vendas de material de construção.

10/05/2012

 Segundo pesquisas divulgadas nesta semana pela Anamaco (Associação dos Comerciantes de Material de Construção), as vendas de material de construção caíram 8,5% em abril, em comparação com março. Com relação a abril do ano passado, entretanto, foi registrada expansão de 3%.

Acumulando os primeiros 4 meses do ano de 2012, registrou o crescimento de 1,5% nas vendas em comparação com o primeiro quadrimestre de 2011.
No mês de abril,  o setor de iluminação residencial foi o único cujas vendas mantiveram-se estáveis em relação a março. Houve queda nas vendas de cimento (-9%), tubos e conexões de PVC (-7,5%), fechaduras (-7,5%), metais (-5,5%) e argamassas (-5,5%).
A queda nas vendas é um sinal preocupante para a Anamaco, já que o setor esperava uma recuperação dos negócios em abril. Para o presidente da associação Cláudio Conz, o resultado é reflexo do anúncio do governo de que vai criar uma linha de crédito voltada, justamente, para o segmento de material de construção, com recursos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). “Eles [consumidores] estão adiando as compras enquanto podem, enquanto as promessas de queda nos juros de financiamento não se materializam para o mercado”, ressaltou Conz.
 
A entidade estima um crescimento de 8% nas vendas para 2012, em relação com 2011. Com faturamento de R$ 52 bilhões, o setor registrou crescimento de 4,5% no ano passado em relação a 2010. “No entanto, se não apresentarmos uma recuperação já em maio, a Anamaco terá de rever essa previsão”, ressalvou Conz.
 

Fonte: Agência Brasil