Compras governamentais devem estimular a economia

27/06/2012

O governo deve anunciar nesta semana medidas para estimular a economia preveem o uso das compras governamentais para estimular a indústria. A preferência será dada à aquisição de produtos nacionais em itens como ônibus, carteiras escolares e retroescavadeiras.

Guido Mantega, ministro da Fazenda, deve fazer o anuncio das medidas. Inicialmente, estava marcada para esse horário uma cerimônia com prefeitos para assinatura de termo de compromisso para compra de cadeiras e ônibus escolares e construção de quadras de esportes. O evento foi ampliado e irá incluir outros itens.
A presidenta Dilma Rousseff se reuniu com os ministros do Desenvolvimento Agrário, Pepe Vargas, das Cidades, Aguinaldo Ribeiro, da Saúde, Alexandre Padilha, do Trabalho, Brizola Neto e da Agricultura, Mendes Ribeiro, para tratar do assunto. Dilma também conversou demoradamente com Guido Mantega.
A exemplo de outras medidas já anunciadas pelo governo, buscam estimular a economia em um momento de crise financeira internacional que compromete o crescimento econômico de diversos países. No início do mês, o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgou dados que mostram que o Produto Interno Bruto (PIB), que é a soma de todos os bens e serviços produzidos no país, cresceu apenas 0,2% no primeiro trimestre deste ano em relação ao trimestre anterior.
O ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Fernando Pimentel, adiantou que haveria o anúncio de novas medidas para e economia com destaque para o investimento.
 

Fonte: Agência Brasil