Ir para o conteúdo principal
Foregon.comConteúdos
Acesse sua conta

5 dicas de como ter um bom atendimento em sua loja online

Por Thais SouzaPublicado em

Há muito tempo o preço e a qualidade deixaram de ser requisitos de diferenciação quando um cliente vai comprar um produto ou serviço pela internet. Oferecer uma boa experiência virtual para o seu cliente é essencial para se destacar em meio a tanta concorrência. Afinal, você já voltou a comprar em uma loja na qual foi mal atendido?

Pensando nisso, no artigo de hoje vamos te mostrar como um bom atendimento pode fazer a diferença para sua loja online

O bom atendimento pode fazer diferença para lojas online

O mercado virtual está tomado por lojas que oferecem uma gama de produtos semelhantes que seguem os mesmo padrões de qualidade e preço. Mas, o que diferencia uma loja online da outra? Sem dúvidas é o atendimento. Ele é a chave para conquistar clientes fiéis a sua marca.

Imperdível
Sua chance de ter um cartão de crédito sem anuidade78.477 pessoas já pediram
Ver cartão
Encerra em 16:20

De acordo com um dos maiores nomes do Marketing mundial, Philip Kotler, "Não basta simplesmente satisfazer os clientes. É preciso encantá-los." 

Oferecer uma boa experiência de atendimento online não é só se comunicar com seu cliente e responder suas perguntas rapidamente, é proporcionar um ambiente fácil, intuitivo e com ótimo suporte para que ele realiza suas compras com mais tranquilidade. 

Dicas de como oferecer um bom atendimento em sua loja online

1. Seja atencioso, mas nunca invasivo

A abordagem ao cliente é um ponto fundamental para a realização de um ótimo processo de vendas. É importante saber como e quando se aproximar do seu cliente. Para isso, você deve conhecê-lo. 

Algumas lojas virtuais acabam passando do ponto quando o quesito é "dar atenção" ao cliente. Ações como: fazer muitas listas de transmissão no WhatsApp, mandar vários e-mails marketing por dia ou ligar para oferecer seu produto pode ser extremamente invasivo para o cliente.

Você pode e deve estar sempre em contato com eles, mas de maneira mais sutil, mostrando que você conhece e se lembra deles nos momentos em que eles mais precisam. Confira alguns exemplos: 

  • Dispare e-mails na data de aniversário dos seus clientes cadastrados, além de parabenizá-los você pode oferecer descontos nesse dia especial; 
  • Conheça seus clientes, sempre que possível, mande para eles as ofertas dos produtos que eles estão interessados. Por exemplo: se você tem uma agência de turismo e sabe que seu cliente vai se casar, quando surgirem ofertas de bons destinos para lua de mel, envie para ele, mostre que se importa. 

2. Deixe visíveis todas as informações sobre você e seu produto

Quem nunca perdeu o interesse por um produto depois de ver uma postagem sem preço, com a seguinte frase na legenda "Mais informações no privado"? Existem motivos válidos para, em alguns casos, você não divulgar o valor dos seus produtos, como evitar dar muitas informações para a concorrência, por exemplo. 

Os consumidores estão ficando cada vez mais independentes, gostam de fazer compras sem muito contato. Por isso, fornecer todas as informações necessárias para o seu cliente é fundamental para não perder a venda. 

Além do preço, deixe o link do seu site, o telefone ou e-mail e o horário de atendimento virtual sempre visível para que seu consumidor encontre de maneira fácil e rápida.

3. Tenha um atendimento humanizado

A tecnologia é muito importante para facilitar e agilizar os processos da sua loja online. Mas, em casos de problemas urgentes, o cliente receber uma resposta automática e genérica, que não deu alternativa para resolver o que ele precisava pode ser muito frustrante.

Para minimizar esse tipo de sentimento negativo nos seus clientes, estabelecer um o contato humano pode fazer toda a diferença. Por isso, procure estar sempre presente e passe essa sensação de proximidade. Isso pode ser feito através de conversas pelo WhatsApp ou ligações.

4. Canal online e por telefone para responder dúvidas dos clientes

Em compras online, o seu cliente precisa se sentir seguro e para proporcionar esse sentimento você deve se mostrar confiável e presente. Deixe sempre um telefone ou WhatsApp para contato, além do endereço de e-mail e formulário no site. Um e-mail não respondido, por exemplo, pode virar uma crítica nas redes sociais facilmente.

5. Invista em seu site

Em lojas online, o site geralmente é o principal canal de vendas, portanto, invista nele. Seu cliente deve ter uma ótima experiência virtual, acesso a todas as informações do produto, como: material, preço, tamanhos, especificações técnicas e outras. 

O site não deve ter anúncios demais, que atrapalhem a navegação do seu cliente, não pode ser pesado para evitar que fique travando e, de preferência, seu site deve ser responsivo, ou seja, que se adapte a qualquer tipo de resolução, sem distorções. O design responsivo identifica a largura de cada dispositivo, o espaço disponível e como a página será apresentada. 

Descomplicamos?

Viu como um bom atendimento pode fazer toda a diferença para o seu cliente? No blog da Foregon você também confere outros conteúdos para se especializar cada vez mais e aumentar suas vendas. Confira: 

Até a próxima!

Gostou? Deixe seu curtir
Compartilhe
Thais Souza

Redatora e Especialista em Produtos e Serviços Financeiros na Foregon, se identifica com conteúdos relacionados a investimentos e empréstimos e acredita que esse tipo de conhecimento pode mudar a vida das pessoas. Busca impactar a vida dos usuários que buscam resolver um problema ou conhecer melhor um produto ou serviço financeiro.

Ver todos os posts

Deixe seu comentário

Leia também

Instagram como ferramenta de negócios: guia completo

Como recarregar Bilhete Único pelo celular?

PicPay: como fazer cobranças pelo aplicativo?

Caixa abre 10 mil vagas de emprego para concursados, estagiários e aprendizes

Open Banking ou Open Finance: o que você precisa saber sobre esses sistemas

Não consegue guardar dinheiro? Conheça a “poupança por assinatura”

Golpe da revisão do INSS: veja como se proteger

Quer mudar de carreira? Confira essas dicas para trocar de profissão