Ir para o conteúdo principal
Foregon.comConteúdos
Acesse sua conta

5 dicas para alcançar a estabilidade financeira

Por Camila SilveiraPublicado em

É fato que todos têm a capacidade de alcançar a estabilidade financeira e, até mesmo, se aposentar antes dos 55 anos, porém, para isso é necessário ter um planejamento e economizar uma grande parte de sua renda. Com o propósito de ajudar você nessa missão, nós separamos cinco dicas fundamentais. Continue a leitura e aproveite o conteúdo.

5 dicas para alcançar a estabilidade financeira

1. Saiba quanto você deve 

Se você possui dívidas pendentes com empresas ou bancos, é necessário que você saiba exatamente quais são elas para alcançar a estabilidade financeira com mais facilidade.

Mesmo que nem todas as contas sejam ruins, é necessário verificar se elas estão atrapalhando muito o seu orçamento ou causando muito estresse.

Imperdível
Sua chance de ter um cartão de crédito sem anuidade78.477 pessoas já pediram
Ver cartão
Encerra em 16:20

Portanto, reserve uma ou duas horas do seu dia para consultar esses débitos pendentes e procure realizar um acordo com a empresa credora para regularizar tal situação.

2. Tenha uma renda extra

Mesmo que você já esteja estabelecido em um outro trabalho, ainda é possível encontrar diversas formas de aumentar a sua renda. Confira o nosso artigo 20 aplicativos para ganhar dinheiro e veja qual dessas opções faz mais sentido para o seu momento. 

3. Diminua suas contas

O primeiro passo para diminuir as contas é entender quais são suas despesas fixas e variáveis. Feito isso, verifique qual desses gastos podem ser cortados ou reduzidos do seu orçamento. Por exemplo: se você paga uma academia, mas raramente vai treinar, repense esse gasto para que você consiga economizar mais dinheiro.

4. Diversifique a sua renda

Você não precisa cortar totalmente o seu orçamento, porém, sua renda pode aumentar muito se você encontrar novas formas de obter dinheiro. É possível começar alugando um quarto em sua casa ou investindo em dividendos.

A vantagem da diversificação de renda é que você não terá que se preocupar tanto quando um de seus trabalhos tiver um mês ruim ou se você for demitido, por exemplo.

5. Crie uma reserva de emergência

Criar uma reserva de emergência é fundamental para situações imprevisíveis, principalmente durante uma pandemia. Mas, afinal, quanto colocar na reserva?

Essa resposta vai depender das suas necessidades e condições, ou seja, você pode colocar a quantia que conseguir por mês. Mas, para isso, é essencial fazer:

  • Um bom planejamento financeiro;
  • Anotar as suas receitas e gastos mensais em uma planilha;
  • Checar quais despesas é possível diminuir ou cortar;
  • Aplicar o dinheiro economizado na reserva.

Apesar disso, é recomendado que você consiga juntar um valor equivalente de seis a 12 meses dos seus gastos mensais. 

Por exemplo: se você gasta aproximadamente R$ 1 mil por mês, tente juntar entre R$ 6 mil e R$ 12 mil na reserva. Dessa forma, você garante uma quantia de dinheiro nos próximos seis ou 12 meses, caso aconteça algum imprevisto.

Descomplicamos?

Esperamos ter ajudado você com esse conteúdo. Em caos de dúvidas ou sugestões, deixe o seu comentário para nós e até a próxima!

Gostou? Deixe seu curtir
Compartilhe
Camila Silveira

Redatora e Especialista em Produtos e Serviços Financeiros na Foregon, adora descomplicar os cartões de crédito, empréstimos, financiamentos, seguros, contas digitais, entre outros. Boa parte do seu trabalho é acompanhar a movimentação dos bancos e instituições financeiras para trazer as principais notícias do mercado.

Ver todos os posts

Deixe seu comentário

Leia também

Instagram como ferramenta de negócios: guia completo

Como recarregar Bilhete Único pelo celular?

PicPay: como fazer cobranças pelo aplicativo?

Caixa abre 10 mil vagas de emprego para concursados, estagiários e aprendizes

Open Banking ou Open Finance: o que você precisa saber sobre esses sistemas

Não consegue guardar dinheiro? Conheça a “poupança por assinatura”

Golpe da revisão do INSS: veja como se proteger

Quer mudar de carreira? Confira essas dicas para trocar de profissão