Foregon.comConteúdos

5 dicas para que a gestão da sua empresa seja um sucesso

Por ForegonPublicado em
Compartilhe

Se você é dono ou gestor de um negócio, ou pretende evoluir na sua carreira e alcançar tais posições, existem técnicas que são fundamentais para o seu crescimento e estratégias que podem alavancá-lo e torná-lo exponencial, fazendo com que o modelo de gestão da sua empresa seja um sucesso!

Num mundo de incertezas, em que, um dia estamos na bonança e no seguinte em recessão econômica, uma coisa ainda é certa: com a estratégia correta, você é capaz de otimizar os resultados da sua empresa, potencializando seu lucro nas ascensões do mercado e minimizando suas perdas em grandes crises.

Para isso, você deverá estar preparado e capacitado, além de ter ao seu lado, pessoas qualificadas e motivadas no seu propósito também.

Imperdível
Sua chance de ter um cartão de crédito sem anuidade78.477 pessoas já pediram
Ver cartão
Encerra em 16:20

Pensando nisso, trouxemos neste artigo 5 dicas para que a gestão da sua empresa seja um sucesso. Veja a seguir:

Utilize bons softwares de análise e gestão

A gestão empresarial é uma atividade complexa, que envolve a gestão de pessoas, a gestão financeira e a gestão de projetos. Assim, é comum se assustar com a grande quantidade de números que se deve analisar. Esses dados podem se tornar muito densos e confusos.

Assim, torna-se completamente inviável, fazer essas análises com caneta e papel. Para solucionar tal problema, é grande a gama de softwares que surgiram. Aqui falaremos do principal: o Microsoft Excel.

Existe, por exemplo, o Planilha Google que é um programa de planilhas muito semelhantes. Assim todas as dicas abordadas aqui, valem para ele também.

Com grande capacidade de importação, armazenamento, tratamento e análise de dados, essas ferramentas te ajudarão a criar um histórico de informações da sua empresa, ajudando a se ter maior previsibilidade do que está por vir no mercado.

Vejamos algumas das principais funções:

  • Função SOMA: para utilizar a função SOMA basta escrevê-la em uma célula e selecionar um outro intervalo de células a ser somado. O valor do somatório total será retornado.
  • Função EFETIVA: retorna a taxa de juros anual efetiva a partir de períodos compostos por ano e taxa de juros nominal.
  • Função VF: retorna o valor futuro de um investimento com pagamentos e taxa de juros constante.
  • Função TIR: calcula a Taxa Interna de Retorno a partir de uma série de fluxos de caixa.
  • Função VPL: calcula o Valor Presente Líquido a partir de uma sequência de receitas e pagamentos futuros.

Essas funções são as principais na análise dos resultados financeiros de um negócio. Porém, existem diversas outras que podem melhorar as suas planilhas e até mesmo, automatizá-las.

Avalie e otimize o seu Product/Market Fit

O Product/Market Fit é o conceito do Growth Hacking, utilizado para definir o casamento do produto ou serviço realizado pela sua empresa com o mercado o qual ela pertence.

O conceito gira em torno, inicialmente, de três perguntas:

  • "Quem irá pagar?";
  • "Pelo quê irá pagar?"; e
  • "Quanto irá pagar?".

Respondendo a essas perguntas, é possível embasar melhor o marketing que será feito, com planejamento estratégico de posicionamento de mercado e um bom discurso de vendas.

Para fazer isso, o Growth utiliza algumas ferramentas, tais como: o momento Aha!, o NPS, a North Star Metric, o CAC e o LTV.

Domine essas ferramentas com o Growth Hacking e conquiste o crescimento exponencial da sua empresa.

Faça o seu negócio ser escalável

Saber se o seu negócio é escalável e o quanto ele é escalável é muito importante para embasar novos investimentos e decisões estratégicas de posicionamento e marketing.

A escalabilidade é um termo que se baseia na ideia da empresa poder crescer, tanto em número de clientes quanto em faturamento, de maneira muito superior ao crescimento dos gastos e custos mensais.

Para mensurar isso, utilizamos duas métricas citadas no tópico anterior: o CAC (Custo de Aquisição de Clientes e o LTV (Lifetime Value).

A chamada "fórmula da escalabilidade" coloca o LTV sobre o CAC, para mensurar o valor trazido por um cliente para a empresa, sobre o custo pago para adquiri-lo. Nessa relação, se o resultado encontrado for maior que 3, considera-se o negócio escalável.

Seja um líder, não um chefe!

Quando se é dono de um negócio ou se ocupa um cargo alto de gestão, é comum acreditar que simplesmente devido a esse fato já se é um líder.

Mas será que esse título é tão simples de ser conquistado? A resposta, obviamente, é não.

A grande maioria das pessoas que ocupam este cargo, são na verdade chefes! E você, sabe qual é a diferença entre essas duas figuras?

Pode parecer sutil, mas eu te garanto que existe um abismo entre elas. E eu vou te mostrar! Veja as principais diferenças entre um chefe e um líder e descubra porquê você deve querer ser o primeiro.

  • O chefe acredita que sua autoridade vem do cargo que ocupa, enquanto o líder sabe que seu respeito é conquistado a partir do seu exemplo e influência positiva.
  • O chefe acredita que somente ele está apto a realizar as tomadas de decisão da empresa, enquanto o líder, envolve os liderados nesse processo, inspirando e aceitando sugestões, potencializando as capacidades dos colaboradores.
  • Nas negociações entre chefe e subordinado o chefe sempre ganha, já entre líder e liderado, os ganhos acontecem nos dois lados. Isso motiva o colaborador, já que seu esforço é proporcionalmente recompensado.
  • O chefe centraliza as tarefas em torno dele mesmo, enquanto o líder é ótimo em delegar tarefas para as pessoas mais qualificadas à realizá-las.
  • O chefe sempre retêm as informações que chegam até ele, já o líder, as filtra de maneira estratégica, permitindo que as informações operacionais cheguem aos seus colaboradores.
  • O chefe vê seu substituto como ameaça ao seu cargo, o líder porém, vê nele uma oportunidade de crescimento mútuo, já que, se o substituto for bom, ele não precisará se preocupar com aquela função quando estiver em um cargo acima.

Siga estas dicas para se tornar um grande líder!

Monte um bom time

Como ressaltamos no tópico anterior, a importância da figura de um líder é muito grande para os resultados de uma equipe. Porém, o que não foi dito é que a recíproca é mais que verdadeira.

Entre as atribuições de um líder, a principal delas é escolher e reunir um time extremamente qualificado, fornecendo as ferramentas necessárias para potencializar as habilidades de cada colaborador.

Para montar um time de alta performance, é necessário que todos os membros estejam engajados nos objetivos, trabalhando de maneira disciplinada e tendo compromisso com os prazos do projeto e com os demais membros.

Além disso, os colaboradores devem ter um bom relacionamento, entre si e com os seus líderes, vendo neles uma figura em quem se pode confiar e se inspirar.

Para atingir este alto nível de desempenho, a equipe pode e deve se guiar por meio do Scrum, a metodologia ágil mais validada da história.

A metodologia vai potencializar a melhoria contínua de todos os processos da empresa determinando quem deve ser os membros do Scrum Team, suas responsabilidades e os tempos de duração das suas reuniões e tarefas .

A boa gestão da sua empresa começa por você

Para alcançar cada vez mais os melhores resultados na sua empresa, cada pequeno detalhe depende de uma boa gestão.

Sendo assim, o gestor deve ser como um maestro, guiando todos os membros da equipe pelos trabalhos a serem feitos e ditando a cadência a ser respeitada para que se cumpram todos os prazos.

Gostou? Deixe seu curtir
Compartilhe nas suas redes sociais

Foregon

Nós acreditamos na simplicidade e na transparência das relações, por isso descomplicamos os bancos

Ver todos os posts

Leia a seguir

  • Dicas financeiras

    Mibank: conheça

  • Dicas financeiras

    WhatsApp clonado: o que fazer?

  • Dicas financeiras

    Como calcular o valor de uma dívida?

  • Dicas financeiras

    O que é linha de crédito e como obter uma para sua empresa?

Ver mais conteúdos

Veja o que estão comentando

Principais conteúdos

Principais assuntos

  1. Home
  2. Conteúdo
  3. Dicas financeiras