Ir para o conteúdo principal
Foregon.comConteúdos
Acesse sua conta

5 dicas para você cuidar do seu dinheiro e gastar sem culpa

Por Nara LimaPublicado em

Como você resume sua relação com o dinheiro? Não são todas as pessoas que mantêm um relacionamento saudável com seus gastos, mesmo com aqueles que são essenciais. Se você se identifica com esse sentimento, saiba que se sentir mal por comprar o necessário não te faz um bom poupador.

Para te ajudar a se libertar desse desprazer, separamos 5 dicas super simples, mas importantes. Continue a leitura e confira quais são elas!

Busque por autoconhecimento

Antes de mais nada, é importante entender quais motivos te levam a esse sentimento. Quando a culpa bater, questione a si mesmo: por que você se sente culpado? Por que você fez essa compra? 

Esse é um bom ponto de partida para você começar a se conhecer um pouco mais. Vale frisar que, em alguns casos, procurar ajuda profissional especializada é uma opção a ser considerada, visto que o profissional é instruído para lidar com esse e diversos outros sentimentos.

Leve para vida o pensamento de que tudo é aprendizado 

Fez uma compra por impulso e se arrependeu? Não se martirize! Pense que você aprendeu com essa experiência e que nas próximas compras, você terá uma consciência maior do que é realmente necessário e o que não é.

Homem desconfiado com a mão no queixo

Com o seu score calculado, você descobre o produto financeiro ideal para você!

Calcule o seu score de forma gratuita, rápida e segura e tenha acesso a centenas de cartões de crédito e outros produtos financeiros.
+ 1.267.543 milhões de pessoas já consultaram

Ao criar uma conta você aceita nossos termos de uso política de privacidade. Aceita também receber notificações por e-mail e SMS, que podem ser canceladas quando quiser.

Reserve uma quantia para se mimar 

Separar um valor mensal do seu salário para investir nos seus desejos é um passo muito importante para deixar o sentimento de culpa de lado. Pense que essa quantia de dinheiro foi reservada especialmente para comprar algo que você deseja, e se este gasto já está dentro da sua organização financeira, não tem motivo para se sentir culpado. 

Mas sem exageros, viu?

Entenda a importância de cada compra

Qual o propósito da sua compra? Quando entendemos a importância de cada compra e cada gasto, começamos a priorizar o que é realmente necessário. Isso não significa que você só deve gastar com o essencial para viver. 

Alguns itens e experiências contribuem com a construção de memórias positivas, por isso, é interessante refletir e entender o que agrega valor a sua vida e merece seu investimento. 

Conte com o planejamento financeiro

O último ponto diz respeito ao planejamento financeiro, mas não ache que por estar em último lugar na lista essa dica é a menos importante, na verdade, se planejar financeiramente é essencial para definir seus gastos.

Entender para onde está indo o seu dinheiro ajuda a minimizar o sentimento de culpa, visto que, você terá um controle maior sobre suas finanças. Lembre-se: planejamento financeiro não é sinônimo de culpa!

Como começar a se planejar financeiramente? 

Para começar seu planejamento financeiro é preciso colocar os números no papel e entender quais são suas despesas fixas e variáveis. Além disso, outro ponto importante é anotar todas suas dívidas pendentes, caso você esteja endividado. 

Comece aos poucos, mas comece!

Descomplicamos?

Esperamos que essas dicas te ajudem a cuidar melhor do seu dinheiro e te tragam mais conforto, afinal, o nosso trabalho é descomplicar a sua vida financeira.

Nos vemos em breve!

Gostou? Deixe seu curtir
Compartilhe
Nara Lima

Redatora e Especialista em Produtos e Serviços Financeiros na Foregon, gosta de escrever sobre educação financeira. Preza pela facilidade da leitura e pela checagem das informações, buscando produzir um conteúdo de leitura simplificada e que sane as dúvidas do leitor.

Ver todos os posts

Deixe seu comentário

Leia também

Score Serasa: conheça a nova função de bloqueio e desbloqueio de consultas

Conheça 5 aplicativos que enviam dinheiro para o exterior

Quais mudanças o Open Banking traz para a nossa vida financeira?

BRL: entenda o que essa sigla significa na sua fatura do cartão

Corte 17 despesas mensais que podem se transformar em renda extra

Aplicativos para aumentar score de crédito: verdade ou mito?

Tag Itaú de passe livre em pedágios e estacionamentos: conheça e veja como solicitar

Pagar passagem de ônibus com cartão de débito ou crédito: veja como