Ir para o conteúdo principal
Foregon.comConteúdos
Acesse sua conta

5 piores dicas financeira já dadas

Por Sabrina VansellaPublicado em

Com a educação financeira comprometida no país, os palpites e conselhos sobre dinheiro tornaram-se populares. Mas lembre-se daquela frase "Se conselho fosse bom não se dava, se vendia".

Pensando nisso, elencamos neste artigo dicas financeiras que não devem ser seguidas.

"Tenha uma conta corrente com cartão de crédito"

Nem sempre a melhor escolha é entrar no ciclo vicioso do cartão de crédito, principalmente se você não possui muito controle financeiro. Também na conta corrente, muitos bancos cobram tarifas por deixar o dinheiro parado, então fique atento.

Imperdível
Sua chance de ter um cartão de crédito sem anuidade78.477 pessoas já pediram
Ver cartão
Encerra em 16:20

"Investir na poupança é uma ótima escolha"

Na verdade, existem mais motivos para afirmar que essa não é uma boa ideia:

  • Baixa rentabilidade;
  • Não reposição da inflação, ou seja, você pode perder dinheiro;
  • Existem opções seguras e melhores;
  • Resgate dos rendimentos somente no aniversário do depósito.

"Temos que viver todos os dias como se fosse o último"

Ok, essa frase pode até ter um fundo motivacional, mas pode te colocar em uma péssima situação no presente. Guardar dinheiro realmente não é a tarefa mais simples, ainda mais com o aumento dos preços de todos os setores, mas entenda a importância de se organizar, mesmo que para um futuro próximo.

"Só pague o mínimo do cartão para sobrar mais dinheiro no mês"

Este problema é muito frequente e merece atenção. A grande desvantagem nisto, é que os juros serão cobrados referente ao valor que não foi pago, ou seja, a maior parte. Mesmo que você termine o mês com mais dinheiro, os próximos terão uma dívida crescente e acumulativa por conta das altas taxas de juros impostas.

"Qualquer coisa passa no cartão"

O cartão de crédito realmente pode ser um ótimo aliado quando se está sem dinheiro, mas também pode se tornar um grande inimigo. Ainda mais quando é utilizado sabendo que não existe o orçamento suficiente para cobrir a dívida.

Em algum momento a fatura vence e precisa ser paga. Lembre-se de evitar ao máximo o crédito rotativo com suas altas taxas de juros.

Descomplicamos?

Se gostou deste artigo, não esqueça de clicar no like. Compartilhe com os amigos e até breve!

Gostou? Deixe seu curtir
Compartilhe
Sabrina Vansella

Redatora e Especialista em Produtos e Serviços Financeiros na Foregon, se identifica com conteúdos noticiosos e sobre dicas financeiras. Procura simplificar e melhorar a qualidade de vida dos usuários e, para isso, preza por uma pesquisa assídua e uma escrita clara.

Ver todos os posts

Deixe seu comentário

Leia também

Instagram como ferramenta de negócios: guia completo

Como recarregar Bilhete Único pelo celular?

PicPay: como fazer cobranças pelo aplicativo?

Caixa abre 10 mil vagas de emprego para concursados, estagiários e aprendizes

Open Banking ou Open Finance: o que você precisa saber sobre esses sistemas

Não consegue guardar dinheiro? Conheça a “poupança por assinatura”

Golpe da revisão do INSS: veja como se proteger

Quer mudar de carreira? Confira essas dicas para trocar de profissão