Foregon.comConteúdos

7 curiosidades sobre o Cadastro Positivo

Por Camila SilveiraPublicado em
Compartilhe

O Cadastro Positivo é um banco de dados que reúne o histórico de tomada de crédito e pagamentos dos consumidores. Ele pode ser consultado por comerciantes, prestadores de serviço ou bancos na hora em que o comprador decidir parcelar uma compra ou contratar um empréstimo e financiamento.

Essa é uma ferramenta que melhora a inclusão financeira do brasileiro e democratiza o mercado de crédito, permitindo até mesmo a contratação de produtos financeiros por quem tem o nome negativado. Quer saber mais detalhes? Continue com a gente e conheça sete curiosidades sobre o Cadastro Positivo. 

Dez curiosidades sobre o Cadastro Positivo

1. O Cadastro Positivo ajuda quem está negativado 

Ele pode ajudar as pessoas que têm o nome registrado em órgãos de proteção ao crédito, pois todo o histórico de pagamento deve ser levado em consideração. Isso quer dizer que, se o consumidor possui uma pontuação de crédito (score) baixa, mas paga todas as contas e cartões sem atraso, as chances dele conseguir crédito no mercado aumentam.

Imperdível
Sua chance de ter um cartão de crédito sem anuidade78.477 pessoas já pediram
Ver cartão
Encerra em 16:20

2. Os birôs de crédito são responsáveis por coletar suas informações

As empresas especializadas em análise de crédito, como o Serasa, SPC e Boa Vista são responsáveis por coletar informações dos consumidores. Esses dados são compartilhados com varejistas, bancos e financeiras, que, a partir daí, avaliam se podem ou não conceder crédito. As taxas de juros precisam ser de acordo com as necessidades do consumidor. 

3. O consumidor precisa autorizar a inclusão do nome

O Cadastro Positivo não é obrigatório, portanto, o cidadão poderá solicitar a exclusão do seu nome da lista, por meio dos canais de atendimento de qualquer dos gestores de bancos de dados. É importante saber que o pedido, mesmo que seja feito para apenas uma das empresas, valerá para todas. 

4. O Cadastro Positivo foi criado em 2011

Sim, essa é uma medida que já existe desde 2011 e que entrou em vigor no ano de 2013. Porém, naquele período era diferente, o consumidor ou a empresa precisava autorizar a abertura do seu Cadastro Positivo nos órgãos de proteção ao crédito. Enquanto, hoje em dia, todos os brasileiros fazem parte do sistema de forma automática.  

5. O Cadastro Positivo já existe em outros países

Países, como Estados Unidos, Inglaterra, Canadá, Itália, Alemanha, China, Japão, Coreia do Sul, Índia, México, Africa do Sul, México, Chile, Colômbia e Argentina já utilizam esse sistema. De acordo com o Serasa Experian, diversas nações apresentam uma maior inclusão de pessoas no mercado de crédito. 

6. Vantagens do Cadastro Positivo

Os bancos, economistas e as gestoras de crédito acreditam que a adesão automática é um passo indispensável para popularizar o Cadastro e tornar os juros mais baixos.

7.  Desvantagens do Cadastro Positivo

Por outro lado, entidades de defesa do consumidor alegam que a falta de transparência e segurança em relação ao uso dos dados do consumidor é uma desvantagem. Além disso, a inclusão automática dos nomes também contraria o Código de Defesa do Consumidor, que garante o direito de escolha do comprador. 

Gostou do conteúdo?

Esperamos ter apresentado boas curiosidades para você! Qualquer dúvida, deixe um comentário para nós e até a próxima! 

Gostou? Deixe seu curtir
Compartilhe nas suas redes sociais

Camila Silveira

Estudante de Publicidade e Propaganda e Redatora na Foregon. É fascinada por músicas, livros, conversas e procura entender a real necessidade das pessoas para poder solucioná-la através de seu trabalho.

Ver todos os posts

Leia a seguir

  • Dicas financeiras

    Mibank: conheça

  • Dicas financeiras

    WhatsApp clonado: o que fazer?

  • Dicas financeiras

    Como calcular o valor de uma dívida?

  • Dicas financeiras

    O que é linha de crédito e como obter uma para sua empresa?

Ver mais conteúdos

Veja o que estão comentando

Principais conteúdos

Principais assuntos

  1. Home
  2. Conteúdo
  3. Dicas financeiras