7 dicas para as despesas de início de ano

Comece com o pé direito! Janeiro é aquele mês cheio de contas. IPTU, IPVA, material escolar, matricula…, uffa. Mas com disciplina e foco, você consegue seguir as 7 dicas para as despesas de início de ano!

Para começar, você lembrou do seu bolso para 2018? Fazer um planejamento financeiro, significa não passar por sufoco com imprevistos e ainda sobrar um dinheiro ao final do mês.

Como você pensa em pagar as suas despesas neste ano? Um cartão de crédito pode te ajudar nessa tarefa. Saber escolher um cartão é muito importante; garantindo que você não pague por serviços que não usa ou escolha um que não seja benéfico para você.

Aliás, você tem filhos em idade escolar? O cartão de crédito pode ser um aliado para economizar com as compras de materiais. Você vai ver ainda nesse post, nossa dica para esse momento que está chegando!

Confira as 7 dicas para as despesas de início de ano e fique ligado para não contrair novas dívidas neste ano

#1- Não se esqueça do final do ano

A primeira das 7 dicas para as despesas de início de ano é sobre os gastos do final de 2017. Essa é a primeira coisa a se colocar na “ponta do lápis”. Compras parceladas já devem ser debitadas do seu saldo para o próximo mês.

Então, supondo que tudo o que você ganha no mês resulte em R$1.500 e, suas compras parceladas somem o valor de R$300, leve em conta o saldo de R$1.200. Isso evita que você conte com o dinheiro que não tem.

#2 – Avalie a importância de cada conta

A dica 2, das 7 dicas para as despesas de início de ano é muito importante. Se a grana nesse mês está curta, você deve avaliar qual pagamento deve ser priorizado. Se você tem algum bem que seja fonte de renda, essa deve ser a sua prioridade para o pagamento à vista.

Se seu carro é usado como táxi ou de venda de alimentos, por exemplo, o IPVA pode ser uma conta que você deve procurar pagar de imediato. Mas, se não houver nada em prioridade, escolha à conta que oferece maior desconto em único pagamento.

#3 – IPVA

Janeiro é sinônimo de gastos para os motoristas. É hora de pagar o “imposto sobre a propriedade de veículos automotores”, mais conhecido como IPVA. O governo dos estados, oferecem descontos para pagamentos à vista, que ficam na casa dos 3%.

Todo desconto vale a pena pagar à vista. Mas, cabe a você investigar se o desconto compensa. Tudo vai depender se você tem o dinheiro em conta. Pagar em cota única, evita que você se esqueça das parcelas e acabe pagando juros por elas.

Outra opção é o pagamento do imposto em três vezes iguais e sem juros. Uma boa saída para quem é organizado com as contas ou para veículos em que o valor do desconto não vá valer a pena. Fique ligado no prazo para o pagamento do IPVA, acesse aqui e confira.

Fique ligado, o pagamento desse imposto, ainda não está disponível para pagamento via cartão de crédito para todo o país, mas pode ser feito por pagamento online, no site do seu banco.

#4 – IPTU

Assim como o IPVA, o “imposto predial territorial urbano”, ou IPTU, também chega com janeiro. Em cada cidade, o imposto pago à vista tem um desconto diferente, que varia de 3% a 20% do valor.

Esse pode ser um desconto expressivo. Seguindo a mesma dica do IPVA, se tiver dinheiro em conta, compensa pagar em cota única. Geralmente, esse imposto pode ser quitado em até 10 parcelas. Procure pela prefeitura de sua cidade e analise o desconto. Em algumas cidades, é possível o pagamento com cartão de crédito. Verifique também essa possibilidade em sua cidade.

#5 – Material escolar

Para quem tem filhos na escola, mais um gasto na lista: a compra de material escolar. Como você faz essas compras? Entra na livraria perto de casa e pega tudo o que precisa e até o que não é necessário? Fique atento!

Pesquisar, pesquisar e pesquisar! Essa é a regra básica não somente para essas compras, mas como normalmente são vários objetos, o gasto é maior, então analisar preços em diferentes locais é muito importante. Uma pesquisa feita em Goiás, pelo Procon, aponta que os preços de materiais escolares, variam até 273% em papelarias.

Confira algumas dicas:

– Sempre compre com a lista de materiais em mãos. Nada de gastar com coisas a mais;

– Reaproveite. Veja o que ainda serve do ano passado no material escolar de seu filho e diminua na lista de compras;

– Existem sites de materiais online, que podem dar uma boa diferença no preço final;

– Fazer as compras junto com outros pais, podem gerar um desconto bem legal, se negociado com a loja, pela quantidade de materiais.

Peça sempre um desconto. Ao pagar com o cartão de crédito à vista, negocie um desconto com a loja e, se for melhor para você, veja em quantas vezes é possível dividir a compra sem juros. Mas lembre-se, disciplina com os gastos para no final do mês não virar uma bola de neve.

#6 – Escola

Além do material escolar, fique atento aos gastos com a própria escola. Se seu filho estuda em rede particular, prepare-se para o aumento. Geralmente no começo do ano, as mensalidades aumentam. Mas, fique de olho. Se a escola aumentar à mensalidade, é responsabilidade dela oferecer melhorias no ensino. E é direito dos pais saberem aonde o dinheiro a mais vai ser investido.

As matrículas também sobem! Se você for matricular seu filho em escola particular, se atente para o aumento da matricula. Pesquise mensalidades para não apertar o seu orçamento.

Confira um bônus das 7 dicas para as despesas de início de ano:

lembre-se também que, início de ano letivo também vem acompanhado de gastos com uniformes, lanches e livros (em escolas particulares). Coloque tudo no seu orçamento e faça as contas. Se apertar, está na hora de se replanejar.

#7 – Fuja dos parcelamentos

Essa é uma das 7 dicas para as despesas de início de ano mais valiosas: quanto mais parcelamentos, mais seu orçamento durante o ano fica comprometido. Por isso, coloque no papel quais são os gastos inevitáveis e quais deles você pretende pagar a prazo. Se conter juros, fuja! Somente divida no cartão de crédito, aquelas despesas que realmente não são possíveis serem pagas de uma única vez. E deixe para depois aqueles gastos que não vão fazer falta para você ou que dá para esperar mais um pouco.

E aí, pronto para começar o ano com consciência financeira? Acompanhe sempre seu saldo em conta e seus gastos com o cartão de crédito e viva no azul! Se tiver alguma dúvida ou sugestão, deixe nos comentários, até a próxima!

Este conteúdo foi útil para voce? 1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas
Loading...