Ir para o conteúdo principal
Foregon.comConteúdos
Acesse sua conta

7 dicas sobre educação a distância durante a pandemia

Por Camila SilveiraPublicado em

O isolamento social, causado pela pandemia do coronavírus e recomendado pela Organização Mundial da Saúde (OMS) foi adotado pelos países mais atingidos. No Brasil, as atividades não essenciais do comércio foram suspensas e aulas paralisadas em todas as modalidades de ensino, com o propósito de evitar a propagação e contaminação do vírus.

Em termos de educação, o ensino a distância foi a melhor alternativa encontrada pelas instituições, portanto, as aulas remotas passaram a fazer parte da rotina de milhares de professores e alunos brasileiros. Apesar desta metodologia já ter apresentado crescimento constante no país, agora vem sendo uma prática comum em escolas, faculdades e afins.

Neste artigo, nós vamos apresentar dez dicas para escolas e educadores que estão encarando os ambientes digitais de aprendizagem, pela primeira vez. Ficou interessado? Continue com a gente e aproveite o conteúdo!

Imperdível
Sua chance de ter um cartão de crédito sem anuidade78.477 pessoas já pediram
Ver cartão
Encerra em 16:20

Dicas sobre educação à distância na pandemia

1. Crie um canal de comunicação

Desenvolver uma forma de comunicação com pais, professores e alunos é ideal para reduzir a ansiedade, trazer informações corretas e atender todas as possíveis necessidades. Portanto, você pode criar grupos em redes sociais, enviar e-mails e até mesmo usar a plataforma da escola para se comunicar. O ideal é manter essa relação para divulgar as informações e evitar confusão.

2. Incentive e ajude os professores

É de extrema importância ajudar os professores durante esse momento de pandemia e perguntar quais são as dores e necessidades que estão enfrentando durante a rotina. Em vista disso, crie também um canal de comunicação apenas com estes profissionais e organize o trabalho para que tudo flua da melhor maneira possível. 

Essa ação pode promover uma relação de confiança entre educadores e administradores da instituição e ajuda os profissionais que precisam de uma capacitação inicial no contexto digital. Muito legal, não é mesmo?

3. Oriente os estudantes

Assim como os professores, todos os alunos precisam de orientações sobre as aulas remotas. Portanto, é importante que eles entendam todos os hábitos e rotinas de estudo, emitam opiniões e estejam próximos da escola para que se mantenham engajados. Procure obter os feedbacks de estudantes através de pesquisas e melhore essa experiência, sempre que possível.

4. Ofereça palestras online

Apesar do isolamento social ser eficaz contra a propagação da Covid-19, ele pode provocar sentimentos de angústia e ansiedade. Sendo assim, promova palestras online com psicólogos para ajudar professores e alunos a enfrentarem esse momento de pandemia e sempre pergunte como estão se sentindo. Essa ação servirá para manter todos mais tranquilos e engajados.

5. Cuidado com a quantidade de conteúdos 

Nunca é um momento oportuno para sobrecarregar os alunos, muito menos durante uma pandemia. Portanto, evite inserir muitos conteúdos para eles fazerem, até porque as chances deles desanimarem aumentarão. Esteja disposto a ouvir opiniões de parceiros e faça de tudo para que essa experiência seja conveniente para você e alunos.

6. Organize o seu tempo

É sempre importante separar um horário para trabalhar dentro de casa, principalmente se você nunca viveu essa experiência antes. Apesar da flexibilidade que o home office proporciona, é necessário determinar horários, evitar as distrações, preparar um lugar adequado e educar a mente para esta nova rotina durante a pandemia.

7. Cuide do bem estar de professores e equipe

Por fim, se perdoe durante este momento difícil e procure não se sobrecarregar. Saia da frente da tela do computador para tomar um ar, aproveite para pensar como está sendo o trabalho durante a pandemia e procure os aspectos que você sempre pode melhorar, em relação aos pais, alunos, professores, entre outros.

Use esse tempo de quarentena para reorganizar as aulas quando tudo voltar, veja quais estão sendo os principais aprendizados dessa experiência e cuide de si. Refletir sobre nós mesmos acalma a nossa mente e nos dá mais capacidade para enfrentar os desafios propostos pela vida.

Gostou do conteúdo?

Esperamos que tenha gostado das nossas dicas. Qualquer dúvida, deixe um comentário para nós e até a próxima!

Gostou? Deixe seu curtir
Compartilhe
Camila Silveira

Redatora e Especialista em Produtos e Serviços Financeiros na Foregon, adora descomplicar os cartões de crédito, empréstimos, financiamentos, seguros, contas digitais, entre outros. Boa parte do seu trabalho é acompanhar a movimentação dos bancos e instituições financeiras para trazer as principais notícias do mercado.

Ver todos os posts

Deixe seu comentário

Leia também

SP Acolhe: saiba tudo sobre o auxílio de R$ 300 e veja como se inscrever

Governo de SP inicia pagamentos do ‘Vale Gás’ e ‘SP Acolhe’. Veja como sacar

Prorrogação do Auxílio Emergencial 2021: o que mudará?

Pagamento da 4ª parcela do Auxílio Emergencial é antecipado: veja as datas

Confirmado: governo anuncia prorrogação do Auxílio Emergencial até outubro de 2021

Terapia popular: opções gratuitas que promovem saúde mental e financeira

Governo de SP pagará auxílio de R$ 300 a parentes de vítimas do Covid-19

Crise financeira: Caixa anuncia redução das parcelas de financiamento habitacional