Ir para o conteúdo principal
Foregon.comConteúdos
Acesse sua conta

74% dos brasileiros ficaram endividados no mês de setembro

Por Camila SilveiraPublicado em

De acordo com a Pesquisa de Endividamento e Inadimplência do Consumidor (Peic), o total de brasileiros endividados ficou em 74% da população em setembro – 1,1 ponto percentual acima de agosto. Tal estudo foi divulgado na última segunda-feira (4) pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC).

Queda na inadimplência

Apesar da alta de setembro, com o indicador de endividamento quebrando o nível recorde, houve uma queda na inadimplência, o que acabou gerando um quadro menos negativo. Na pesquisa, são levados em consideração todos os tipos de endividamento, incluindo cartão de crédito e contas em atraso.

O percentual de famílias com dívidas ou contas em atraso atingiu 25,5% do total de famílias brasileiras, 0,1 ponto percentual abaixo do nível de agosto, e 1 ponto abaixo do apurado em setembro de 2020.

Imperdível
Sua chance de ter um cartão de crédito sem anuidade78.477 pessoas já pediram
Ver cartão
Encerra em 16:20

Segundo a CNC, a diminuição da inadimplência "tende a se consolidar ao longo do ano, mostrando o esforço das famílias em manter seus compromissos financeiros em dia, seja por meio da renegociação, seja por maior controle dos gastos ou evitando o consumo de supérfluos".

Em contrapartida, o ciclo de alta dos juros básicos pelo Banco Central (BC) pode trazer alguns prejuízos, já que "encarece as dívidas e demais despesas em aberto".

"O recente aumento da alíquota do Imposto sobre Operações Financeiras (IOF), mesmo que temporário, acirra ainda mais esse custo", diz a nota divulgada pela CNC.

Conteúdos relacionados

Gostou do artigo?

Esperamos ter ajudado você. Deixe o seu comentário aqui embaixo caso tenha ficado alguma dúvida. Até o próximo post!

Gostou? Deixe seu curtir
Compartilhe
Camila Silveira

Redatora e Especialista em Produtos e Serviços Financeiros na Foregon, adora descomplicar os cartões de crédito, empréstimos, financiamentos, seguros, contas digitais, entre outros. Boa parte do seu trabalho é acompanhar a movimentação dos bancos e instituições financeiras para trazer as principais notícias do mercado.

Ver todos os posts

Deixe seu comentário

Leia também

Uber cobrará mais caro para quem quer ser atendido com prioridade; entenda

INSS garante direitos para motoristas de aplicativo

Méliuz: novo cartão deve ser lançado em janeiro 2022

Vivo oferece vagas de emprego presencial e home office; confira

Banco BV oferece novas funcionalidades através do teclado do celular: entenda

Nubank permitirá compra e venda de ações direto no aplicativo: saiba mais

PIS/Pasep 2022: veja quais são os valores previstos

Vale-gás: o valor pode cair somente R$ 1,36 para beneficiados