Ir para o conteúdo principal
Foregon.comConteúdos
Acesse sua conta

A Importância dos dados

Por Genebra SegurosPublicado em

No mundo dos negócios dados são fundamentais. E protegê-los pode significar a sobrevivência do seu negócio. Os dados são informações primordiais que ajudam a projetar cenários, identificar tendências, definir perfis de público-alvo, entre outros.

No mercado de seguros, o uso de tecnologia como inteligência artificial auxilia novos conhecimentos a serem incorporados, por exemplo, nos processos comerciais das companhias e a agirem como ferramenta para tomada de decisão em relação à identificação de perfis de segurados, definição de prêmios, realização de campanhas de marketing, gestão de sinistros e à jornada de experiências dos clientes, por exemplo. 

Com isso, as empresas de seguros ganham competitividade porque podem alcançar uma maior agilidade. As seguradoras precisam, então, definir uma estratégia para fornecer às partes interessadas uma explicação dos modelos de inteligência artificial em áreas como gestão de sinistros ou subscrição.

Cuidados 

Um fator importante é que as seguradoras possuem grande quantidade de dados de clientes e seus tipos de apólices. Após crítica e criteriosa análise será possível entender todo o potencial para usá-los estrategicamente para os negócios. O open insurance vem aí e o poder dos dados é o caminho para uma nova venda cruzada e uma visão mais ampla do cliente.

Outra possibilidade para o uso de dados é o desenvolvimento de programas de recompensa, já que a retenção de clientes está ligada ao seu grau de satisfação. As seguradoras podem desenvolver plataformas tecnológicas que possibilitem elaborar soluções que possam permitir a fidelização e o engajamento do cliente por meio de recompensas, ofertas e conteúdos adaptados com base no perfil do consumidor.

Homem desconfiado com a mão no queixo

Com o seu score calculado, você descobre o produto financeiro ideal para você!

Calcule o seu score de forma gratuita, rápida e segura e tenha acesso a centenas de cartões de crédito e outros produtos financeiros.
+ 1.267.543 milhões de pessoas já consultaram

Ao criar uma conta você aceita nossos termos de uso política de privacidade. Aceita também receber notificações por e-mail e SMS, que podem ser canceladas quando quiser.

Talvez o desafio seja manter uma comunicação fluida com os clientes que dure ao longo do tempo, indo além de momentos específicos como a renovação da apólice ou o relatório de sinistros.  Com o objetivo de melhorar o relacionamento das seguradoras com seus segurados, são colocados à disposição das companhias dados, programas de fidelidade e experiências personalizadas do cliente.

Ponderação é a forma pela qual os dados dos clientes serão recolhidos, tratados e guardados. E é dessa forma – com ponderação – que devem ser compartilhados. Atrelada à evolução do sistema, os dados deveriam estar seguros no que diz respeito à privacidade do cliente, uma vez que todas essas transições precisam ser feitas da forma mais segura possível. 

Segurança

A segurança de dados tem se mostrado altamente relevante atualmente. São inúmeros os exemplos de vazamentos que afetaram empresas de diversos setores. Apenas com a suspeita de um problema desse tipo, as empresas já perdem valor e participação de mercado. 

O compartilhamento de informações ganhou dimensão e a riqueza de dados permite entender a necessidade dos clientes e, por isso, fica fácil compreender o receio da violação da privacidade. Por isso, a chamada segurança da informação é um conjunto de boas práticas que visam garantir o armazenamento e a distribuição de dados de forma íntegra e confidencial.

‍Antes, para se obter dados sobre as vontades dos clientes, eram usadas questões padronizadas abordando temas como profissão, trabalho ou endereço domiciliar do consumidor etc. Usando como base os dados de fornecedores para decisões de concessão de crédito, violação de dados, detalhes sobre licenciamento de veículos, solicitações de seguros, entre outros exemplos, esse modelo se transformou em ferramenta útil para tomadas de decisões.

As conquistas de clientes passam pelas etapas de cotação e subscrição e mantém os registros (dados) durante e após a solicitação. Existe uma nova era de atendimento ao consumidor em que as empresas precisam renovar a maneira de fazer negócios. 

A chegada das insurtechs no mercado de seguros levou as grandes companhias a mudarem para otimizar a experiência do consumidor ao longo de sua jornada. Da compra de seguros ao gerenciamento de uma apólice on-line e o envio de um formulário por um aplicativo de celular: tudo está sendo feito de maneira rápida e fácil no ambiente digital.

Para ganhar escala e visibilidade do negócio, é importante que as seguradoras atendam aos clientes onde e quando eles quiserem, sem comprometer a segurança de dados ou a prevenção às fraudes.

Os dados e a tecnologia estão desbloqueando novas maneiras de levar os consumidores através de uma jornada digital, da aquisição à subscrição e solicitações, sem comprometer o gerenciamento de riscos.

Uma corretora, como a Genebra, por exemplo, armazena informações sigilosas dos seus clientes. A forma como esses dados são compartilhados e armazenados é um risco, tanto para a confidencialidade quanto para a integridade e disponibilidade, por isso é importante protegê-los.

Como proteger?

‍Basta um pequeno acidente para que todo o trabalho de anos na criação de uma boa reputação seja desperdiçado. As técnicas e práticas de segurança são fundamentais para proteger toda a sua dedicação à imagem da empresa.

O acesso aos dados é tão importante quanto sua integridade e confidencialidade. Mesmo um profissional com alta qualificação terá dificuldades de estruturar as práticas de segurança que o seu negócio precisa sem o conhecimento devido sobre essas especificidades.

Por isso, é importante direcionar atenção à equipe envolvida no seu desenvolvimento, implantação e suporte de uso já que ela precisa estar atenta ao que é utilizado no dia a dia. Do ponto de vista mais técnico e estrutural, o software deve garantir, também, segurança jurídica, já que a proteção de dados dos clientes deve estar explicitada no contrato com o fornecedor do software. Assim, caso aconteça descumprimento de alguma cláusula, será mais fácil e garantido se proteger com providências legais. 

Por isso é importante que as corretoras – como é o caso da Genebra – tenham colaboradores capacitados em segurança para, assim, criar uma cultura favorável ao assunto. Dessa forma, se os colaboradores forem orientados quanto aos riscos e, também, sobre a importância de proteger as informações dos clientes, com o tempo vão adquirir uma cultura mais cautelosa e isso vai poupar problemas para todos os envolvidos.

Por exemplo, os dados da carteira de uma corretora só devem ser compartilhados com empresas e parceiros confiáveis. Se o fornecedor de tecnologia responsável pela segurança de dados não merecer a sua confiança, ele não poderá garantir que seus clientes confiem na corretora.

Gostou? Deixe seu curtir
Compartilhe
Genebra Seguros

A Genebra é uma corretora de seguros que oferece a conveniência do acesso a seguros através de canais digitais aliada à segurança e ao atendimento humano que apenas uma corretora de seguros tradicional pode oferecer.

Ver todos os posts

Deixe seu comentário

Leia também

Mercado de seguros cresceu 11,8% em 2021

A Importância dos dados

Seguro de Vida Santander

Seguro Residencial Santander

Conheça o seguro bolsa protegida

Azul Seguros sinistro: como contatar

O que é sinistro? Entenda como ele funciona

Allianz Seguro Auto telefones: conheça todos os números