Ir para o conteúdo principal
Foregon.comConteúdos
Acesse sua conta

A junção de Open Banking com o Pix resultará em iniciadores de pagamentos em agosto

Por VoittoPublicado em

Se você acompanha os métodos de pagamentos, a novidade do momento é a junção do Open Banking com o Pix. Os iniciadores de pagamento, como são chamados, deverão manter-se de forma instantânea e inovar o sistema financeiro das instituições participantes.

A atualização BCB nº 18 do Banco Central anuncia novo regulamento para a utilização do Pix, lançado em 2020. O que mais chamou atenção no novo regimento, é a presença dos iniciadores de pagamento como nova modalidade de instituição. 

Então, atualmente, para acessar o Pix e fazer pagamentos é necessário acessar o aplicativo do banco ou outras instituições, utilizando o Internet Banking. Por isso, nesse artigo iremos conversar sobre os seguintes tópicos:

Imperdível
Sua chance de ter um cartão de crédito sem anuidade78.477 pessoas já pediram
Ver cartão
Encerra em 16:20
  • O novo anúncio do Banco Central
  • O que são iniciadores de pagamento?
  • Como irá funcionar a junção Pix e Internet Banking?

Vamos de leitura nos próximos tópicos!

O novo anúncio do Banco Central

Como já dito anteriormente, a partir de agora, os iniciadores de pagamento farão parte do pix. Sendo assim, os grandes bancos mundiais que adotam os pagamentos instantâneos terão mais uma nova opção.

O requisito para aderir aos iniciadores de pagamento é ter o Pix e Internet Banking na operação. Então, será possível aderir aos pagamentos nessa modalidade, que já é instaurada no WhatsApp, porém, ainda não faz parte do Pix.

Vale considerar que só em 2020 o Pix já fez mais transações do que DOC, TED e boletos. O que, de acordo com a Febraban, simboliza que esse tipo de pagamento já é 30% do total de transações bancárias do país.

Agora, se o seu questionamento ainda é: o que são os iniciadores de pagamento? Continue na leitura desse artigo para descobrir mais!

O que são indicadores de pagamento?

Os indicadores de pagamento são considerados um tipo de instituição de pagamentos. Isso significa que um concedente fornece benefícios ao seu cliente, como por exemplo, empréstimos e financiamentos ou até mesmo a possibilidade de compra e venda de produtos.

Os novos indicadores de pagamento são chamados também de Pisp, possuindo diferenciais em relação aos demais indicadores de pagamento. Além disso, o cliente pode efetuar uma transação para terceiros, desde que seja o valor limitado da conta, não tendo acesso ao valor bancário total deste.

O objetivo principal do indicador de pagamento é a junção do Open Banking com o Pix. No WhatsApp já é possível utilizá-lo, desde que seja com pessoas físicas no cartão de débito. 

No entanto, o que se tem em mente é que quando se trata dos indicadores financeiros, a junção do Open Banking com Pix é a possibilidade de controle do Banco Central em relação às instituições financeiras que irão adotar essa modalidade de pagamento. 

Ademais, de acordo com o Banco Central, a criação dos indicadores de pagamentos se dá com o intuito de aumentar a concorrência com o Pix. Em decorrência, visar tecnologia e inovação para as empresas.

Vale ressaltar que a modalidade de iniciadores de pagamentos será opcional para os usuários, então, será possível realizar o Pix via Open Banking de forma normal ou ativar os iniciadores, que prometem serem seguros e eficazes.

Agora que já entendemos sobre os iniciadores de pagamentos, iremos conversar sobre como irá funcionar a junção do Open Banking com o Pix. Vamos ao que nos interessa!

Como irá funcionar a junção do Pix e Internet Banking?

Essa modalidade de pagamento torna-se disponível a partir do dia 30 de agosto. Então, vamos te ensinar como utilizá-la. De forma suscita, o banco oferecerá o serviço quando a conta for de outro banco. 

Se ainda não ficou claro, vamos exemplificar. Suponhamos que Ana, João e Fernando se reuniram e compraram um combo de pastéis e refrigerantes. Ana fez o pagamento total da conta do restaurante, João e Fernando farão um Pix para reembolsar suas partes no pedido.

Então, João poderá fazer seu Pix via WhatsApp e Fernando via PicPay. Claro que, desde que essas empresas sejam autorizadas pelo Banco Central a firmar esse tipo de pagamento. Então, João e Fernando entram nos canais de iniciadores e autorizam os aplicativos a usarem o dinheiro da conta bancária.

O próximo passo é confirmar a opção, João e Fernando retornam para o WhatsApp e PicPay e a operação é encerrada. Apesar de parecer mais trabalhoso, o Banco Central garante que será rápida e eficaz a operacionalização.

Caso não tenha se adaptado com os iniciadores de pagamento, o Pix não deixará de existir. Como já dito anteriormente, segundo o BC, a ideia é apenas dar mais um leque de opções para aqueles que buscam por tecnologia e inovação na área de depósito ou de pagamento. 

Um feedback geral é que sim, os iniciadores de pagamentos são seguros. Mas, para empresas que pensam em utilizá-lo deverão seguir um roteiro e edital para ser regulamentado. Além disso, toda operação será monitorada pelo banco de origem.

Outro ponto a ser considerado é que os iniciadores de pagamentos cobrarão taxas extras, a critério do banco. Por fim, no dia 30 de agosto os testes desse método de pagamento iniciarão, finalizando a implementação no dia 1º de novembro.

Esse artigo foi produzido pelo Blog do Grupo Voitto. Para acompanhar mais conteúdos como este, basta conhecer a melhor escola de negócios do mercado acessando aqui

Gostou? Deixe seu curtir
Compartilhe
Voitto

Somos uma escola online de negócios que ensina habilidades que todo profissional, independentemente da sua área de atuação, deveria dominar para melhorar seus resultados e acelerar sua carreira.

Ver todos os posts

Deixe seu comentário

Leia também

QR Code estático e QR Code dinâmico: qual é a diferença entre os dois?

Pix: da facilidade nas transações ao crescimento nos golpes e mudança nas regras

Quem é responsável pelos prejuízos causados pelos golpes do Pix?

Pix: novas medidas devem ser implementadas para garantir segurança aos usuários

Pix: bancos têm até dia 4 para limitar transações noturnas a R$ 1 mil

Pix: confira as novas regras e saiba como elas afetam seu bolso

Clientes que cadastrarem chave Pix no Banco Inter terão cashback extra

Consumidores da Cemig podem pagar a conta de energia por Pix