Ir para o conteúdo principal
Foregon.comConteúdos

Afinal, o PIX é seguro?

Por Janaína TavaresPublicado em

Transferir e receber dinheiro se tornou ainda mais fácil com o surgimento do PIX no Brasil. Isso porque, em poucos segundos, o brasileiro consegue fazer suas transações bancárias em qualquer horário e dia da semana. Mas a dúvida que fica é: será que esse meio de pagamento é confiável e seguro?

Nós já adiantamos para você que sim, o PIX é seguro. Contudo, para entender melhor o que garante essa segurança, vale a pena acompanhar a leitura do artigo até o final para ver mais detalhes sobre o assunto.

O sistema PIX oferece segurança para os clientes?

Esse é o novo sistema de pagamentos instantâneos do Banco Central (BC), órgão responsável por regularizar e autorizar empresas a efetuarem procedimentos financeiros no país.

Imperdível
Sua chance de ter um cartão de crédito sem anuidade78.477 pessoas já pediram
Ver cartão
Encerra em 16:20

Dito isso, você precisa entender que o PIX é um meio de pagamento diferente dos tradicionais (TED e DOC). Isso porque ele possui algumas características exclusivas, como:

  • Dinheiro cai na hora, já que as transações são instantâneas;
  • Sistema funciona todos os dias, assim como nos finais de semana e feriados;
  • Sistema 100% gratuito para Pessoas Físicas (PF);
  • Cadastro de chaves (CPF/CNPJ, número do celular ou telefone, endereço de e-mail ou chave aleatória) para facilitar a transação bancária.

Portanto, o sistema é seguro porque agora não é necessário informar mais todos seus dados bancários completos para quem vai te pagar, basta apenas usar a chave. Vale destacar que esse meio de pagamento conta com camadas de autenticação e criptografia, fora as camadas de segurança do aplicativo do seu banco.

Importante: a chave não substitui a senha ou a biometria do seu banco. Mesmo que você tenha essa chave ou não, ainda será obrigatório utilizar todas as camadas de segurança do aplicativo ou site da sua instituição financeira para concluir uma operação bancária.

É possível cair em um golpe com o PIX?

Em uma live organizada pelo Valor Econômico, em parceria com a Sicredi, o chefe adjunto do departamento de competição e estrutura do mercado financeiro do Banco Central, Carlos Brandt, disse que o sistema de pagamentos instantâneos é seguro.

Conforme com o que foi divulgado, Brandt afirmou que o PIX "é extremamente seguro, com uma plataforma robusta e marcadores de possíveis fraudes, além de operações rastreáveis, o que dificulta a aplicação de golpes".

No entanto, segundo Brandt, existem os golpes de engenharia social. Neste caso, o chefe adjunto explicou que o golpe é aplicado quando os criminosos "criam histórias para convencer as vítimas a passar informações sensíveis".

Diante disso, Brandt argumentou que o Banco Central está trabalhando com algumas ações para evitar esse tipo de golpe como, por exemplo, colaboração com outras autoridades, campanhas de orientação aos usuários, dentre outras.

Perguntas frequentes sobre o PIX 

Existe diferença entre PIX, TED e DOC?

A principal diferença é que o PIX é instantâneo e gratuito para Pessoas Físicas (PF). Por outro lado, TED e DOC estão disponíveis apenas em dias úteis. Além disso, o valor demora um pouco mais para cair na conta, sendo essas duas opções podem ser pagas ou gratuitas.

É obrigatório utilizar o PIX?

Você não é obrigado a usar o PIX porque ele não foi criado para substituir outros tipos de transações financeiras. O principal objetivo dele é facilitar sua vida financeira.

O PIX cobra algum valor do cliente?

O PIX é gratuito para Pessoas Físicas. Já para Pessoas Jurídicas (PJ) é cobrada uma pequena taxa.

Como conferir os dados da transferência usando a chave PIX?

O próprio sistema irá apresentar o nome e parte do CPF (ou CNPJ) da conta de destino, para que o cliente consiga verificar as informações antes de confirmar a transação bancária.

Conteúdos úteis para você

Para te ajudar ainda mais, separamos outros artigos que também podem ser do seu interesse:

Descomplicamos?

Esperamos ter ajudado você com as nossas dicas. Em casos de dúvidas ou sugestões, envie seu comentário para que possamos responder. Até a próxima!

Gostou? Deixe seu curtir
Compartilhe
Janaína Tavares

Jornalista e Especialista em Produtos e Serviços Financeiros na Foregon, a Janaína (ou Jana). Como redatora, ama os conteúdos sobre dicas financeiras. Preza pela checagem de todas as informações e o conteúdo perfeito para ela, é aquele que ajuda o leitor a resolver um problema, ensinando e orientando o leitor a tomar a melhor decisão.

Ver todos os posts

Deixe seu comentário

Leia também

PIX permitirá movimentação de conta salário por meio de seu sistema

Pix está na mira de criminosos que aplicam golpes de phishing

Como você pode ganhar dinheiro usando o PIX: passo a passo

O PIX vai acabar com TED, DOC e boleto?

Nubank: saiba como transferir dinheiro pelo Pix

PIX já possui mais de 46 milhões de pessoas cadastradas

FGTS: contribuição poderá ser recolhida por meio do sistema PIX

Chave PIX: tudo o que você precisa saber

  1. Home
  2. Conteúdo
  3. Pix