Ir para o conteúdo principal
Foregon.comConteúdos
Acesse sua conta

Alunos do Paraná terão aulas de educação financeira em 2021

Por Thais SouzaPublicado em

Quantos de nós olhamos para trás em nossas infâncias e desejamos ter aprendido mais sobre dinheiro? A falta desse aprendizado pode gerar problemas financeiros no futuro e, por isso, a educação financeira em casa e nas escolas é tão fundamental. 

Nesse quesito, o Paraná pode sair na frente de outros estados brasileiros em 2021. Isso porque, segundo o secretário estadual de Educação, Renato Feder, todos os alunos da rede estadual   devem ter aulas de educação financeira a partir do ano que vem. Quer saber mais sobre a novidade? Então continue com a gente.

Alunos do Paraná devem ter aulas de educação financeira 

De acordo com o secretário estadual da educação, Renato Feder, todos os alunos da rede estadual do Paraná terão a matéria de educação financeira incluída no currículo escolar. O anúncio da novidade foi feito no dia 26 de outubro e um convênio para essas aulas está sendo fechado.

Em seu anúncio, o secretário questionou o porquê das escolas ainda não terem adotado esse modelo e comentou sobre a importância desse aprendizado logo cedo. "A partir do ano que vem, educação financeira – os jovens aprendem a não se endividar, a não comprar o que não precisa, a negociar juros", afirmou Renato Feder.

A matéria de educação financeira não será aplicada durante toda a grade curricular do ensino estadual do Paraná e ainda não se sabe ao certo quais séries receberão as aulas.

Homem desconfiado com a mão no queixo
Com o seu score calculado, você descobre o produto financeiro ideal para você!
Calcule o seu score de forma gratuita, rápida e segura e tenha acesso a centenas de cartões de crédito e outros produtos financeiros.
+ 1.267.543 milhões de pessoas já consultaram

Ao criar uma conta você aceita nossos termos de uso política de privacidade. Aceita também receber notificações por e-mail e SMS, que podem ser canceladas quando quiser.

Sistema de correção de redações escolares

Além da novidade, o secretário também afirmou que vai lançar, ainda este ano, uma nova forma de correção das redações. Ela será feita por inteligência artificial.

Dessa forma, o sistema corrige cerca de 90% da redação automaticamente e o professor só terá que focar e corrigir a argumentação do aluno, facilitando e deixando ainda mais rápido o trabalho dos profissionais da educação. 

Enfim, gostou do artigo? 

Não deixe de seguir a Foregon no canal do YouTube e também nas redes sociais, Facebook e Instagram, para ficar por dentro das notícias e novidades em primeira mão. Até a próxima!

Gostou? Deixe seu curtir
Compartilhe
Thais Souza

Redatora e Especialista em Produtos e Serviços Financeiros na Foregon, se identifica com conteúdos relacionados a investimentos e empréstimos e acredita que esse tipo de conhecimento pode mudar a vida das pessoas. Busca impactar a vida dos usuários que buscam resolver um problema ou conhecer melhor um produto ou serviço financeiro.

Ver todos os posts

Deixe seu comentário

Leia também

Bitcoin: Descubra aqui quais são suas vantagens e suas limitações

Inflação: imprimir dinheiro é prejudicial para a economia?

Não é preciso muito dinheiro para investir em cripto

Qual é o futuro da mineração de criptomoedas?

Você soube do hard fork da Ethereum?

Dividendos: o que é e como funciona o investimento em renda passiva?

Quem pode ganhar adicional de 25% na aposentadoria?

Corretoras de Criptomoeda: Como evitar ciladas? Veja algumas dicas