Foregon.comConteúdos

Aneel proíbe o corte de energia até o final do ano

Por Janaína TavaresPublicado em
Compartilhe

Com o início da pandemia do novo coronavírus no país, diversas empresas estão tomando algumas medidas para ajudar a população durante esse momento. A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), por exemplo, proibiu na última terça-feira (21) o corte de energia elétrica, por falta de pagamento, para todas as famílias de baixa renda.

Gostaria de saber mais informações sobre essa decisão da Aneel? Basta continuar a leitura do nosso artigo.

O que ficou definido?

Em março, a agência reguladora já tinha estabelecido a suspensão de cortes no fornecimento de energia elétrica por causa da falta de pagamento.

Imperdível
Sua chance de ter um cartão de crédito sem anuidade78.477 pessoas já pediram
Ver cartão
Encerra em 16:20

Na época, a medida seria aplicada apenas por 90 dias, sendo que a mesma foi adotada justamente em razão da crise econômica provocada pela pandemia da Covid-19.

Agora, a diretoria da Aneel decidiu por estender a norma até o fim do estado de calamidade pública, decretado pelo Congresso Nacional e que é válido até 31 de dezembro de 2020.

A prorrogação da Aneel vale para quem?

Essa determinação, quem impede o corte de energia, vale para os beneficiados da Tarifa Social de Energia Elétrica, ou seja, os consumidores de baixa renda. Além disso, a regra também se estende para as seguintes pessoas: 

  • Consumidores que não estão recebendo a fatura impressa;
  • Consumidores que moram em locais onde não há posto de arrecadação, por exemplo: lotéricas e instituições financeiras; 
  • Consumidores que possuem equipamentos essenciais à vida.

Importante: o prazo de 31 de julho ainda está mantido para as demais residências e imóveis comerciais.

Retorno das atividades presenciais

A retomada do atendimento presencial da Aneel também já possui data definida pela empresa. Segundo informações divulgadas pela agência reguladora, a partir do dia 01 de agosto ela já estará com o seus serviços presenciais ativos novamente.

No entanto, isso só acontecerá se a empresa obter o aval das autoridades locais de saúde. A previsão da Aneel é que até o dia 31 de agosto, ela já consiga retomar outros serviços considerados essenciais pelos consumidores, como o ressarcimento por danos em equipamentos, dentre outras demandas.

Gostou? Deixe seu curtir
Compartilhe nas suas redes sociais

Janaína Tavares

Jornalista e produtora de conteúdo, é Redatora na Foregon. Apaixonada por cinema e pelo mundo asiático, seu foco está em entregar textos úteis e inspiradores.

Ver todos os posts

Leia a seguir

  • Dicas financeiras

    Qual o prazo para sacar o FGTS após demissão?

  • Dicas financeiras

    Como parcelar boleto com cartão de crédito?

  • Dicas financeiras

    O que é a Click Conta Bradesco?

  • Dicas financeiras

    Faturamento MEI 2020: descubra

Ver mais conteúdos

Veja o que estão comentando

Principais conteúdos

Principais assuntos

  1. Home
  2. Conteúdo
  3. Dicas financeiras