6passosparaseucartaodecredito

Já tem um cartão de crédito ou está a fim de pedir um, mas morre de medo de usá-lo de maneira errada? Veja algumas dicas para ficar de bem com seu bolso

Geralmente quando você compra um produto, ele vem com manual de instruções, não é mesmo? Diferente disso, o cartão de crédito é usado da maneira que seu dono bem entender. Você é preocupado com seu orçamento? Então aprenda a usar o cartão de crédito agora!

Antes de ver as dicas, responda rápido: você sabe escolher o cartão de crédito ideal para você? Se a resposta for aquele sim amarelo ou foi um não grandão, que tal clicar aqui e ver essas dicas maravilhosas?

Passo 1 – Aproveite os descontos

Se sua compra render descontos no pagamento á vista, este deve se o meio escolhido. As vezes o uso do cartão não compensa, se o desconto for, por exemplo, acima de 10%.

Agora, se a loja também ofertar o desconto no cartão de crédito em uma única parcela, aí o desconto vale muito a pena. Você vai ter até 40 dias para pagar (lembre-se de poupar para pagar a fatura no fim do mês).

Passo 2 – Nunca parcele a fatura

Nunca, jamais, never, niciodată, ποτέ, 從來沒有. Em todas as línguas para ficar claro para você, querido(a) leitor(a), que fique bem longe da possibilidade de parcelar sua fatura.

Os juros do cartão podem chegar a 200% ao ano! Que o anjo da economia te deixe longe das dívidas, mas se precisar, o melhor é fazer um empréstimo para pagar a fatura do que cair no rotativo do cartão.

Passo 3 – Aproveite o cartão de crédito

Nem só de compras vive o seu cartão de crédito. Sabia que com ele você pode participar de promoções e vantagens exclusivas? A bandeira do seu cartão te oferece benefícios como, vantagens em compras, descontos e muito mais.

Fique ligado no site da bandeira do seu cartão de crédito e do emissor também. Se você não sabe o que é bandeira (o que merece um puxão de orelha), veja aqui o que ela representa e como você pode aproveitar mais ainda o seu dinheiro de plástico.

Veja também:  Cartão de crédito para MEI, como fazer?

Passo 4 – Planeje-se

Todo seu orçamento deve estar muito claro para você, se não está, é hora de pegar escova e sabão e limpar o que está obscuro. O uso do cartão requer muita disciplina e planejamento para usá-lo.

Saber a média dos seus gastos, o que você deve e o que deve quitar primeiro é muito importante para sua boa saúde financeira. Quer uma dica de como fazer isso? Leia agora: regra do 50-15-35.

Passo 5 – Acompanhe seu cartão

Pegue na mãozinha dele e não solte. Traduzindo isso, quer dizer que, ter o aplicativo de seu cartão de crédito no celular faz toda a diferença. Com ele você acompanha seu limite e por isso não gasta a mais. Vê a melhor data para as compras e se esqueceu de alguma compra, ela vai estar listada, para não a esquecer e achar que ainda está com um orçamento de rico.

Passo 6 – Tenha apenas um cartão

Como diria o Coronel Jesuíno, “se prepare, que eu vou lhe usar.” Mas para usar bem o cartão de crédito mesmo, centralizar os gastos é uma regra de ouro. E você que chegou até aqui, merece tê-la.

Ter mais de um cartão dá a sensação de ter mais dinheiro do que realmente se tem. Um cartão você tem mil de limite, já noutro, 2 mil e por aí vai. Somando tudo, seu cartão “ganha” mais que você. E isso não é saudável.

Se caso você tiver mais de um cartão ou quer solicitar mais um, é preferível pegar um sem anuidade e centralizar os gastos. Como por exemplo, um para compras do dia a dia e o outro com gastos com o carro.

Seguindo nossas dicas é possível viver de bem com seu bolso. E mais uma vez, que o nosso anjo da economia te livre das dívidas e te garanta uma conta no azul!