Ir para o conteúdo principal
Foregon.comConteúdos
Acesse sua conta

As vantagens e diferenças entre o Pix e o WhatsApp Pay

Por Nara LimaPublicado em

Em maio deste ano, o WhatsApp liberou uma nova função dentro do App com o intuito de facilitar ainda mais a vida de seus usuários: o WhatsApp Pay. O lançamento dessa ferramenta fez muitas pessoas se questionarem sobre sua relação com o Pix, sistema de transações online criado pelo Banco Central (BC). 

Apesar de serem semelhantes e possuírem basicamente a mesma finalidade, eles atuam de formas distintas e contam com vantagens únicas. Para você entender melhor, preparamos um conteúdo especial a respeito das vantagens e diferenças entre o Pix e o WhatsApp Pay. Aproveite a leitura!

Vantagens e diferenças entre o Pix e o WhatsApp Pay

Funcionalidade

WhatsApp Pay

O WhatsApp Pay é um iniciador de pagamento (Pisp), ou seja, ele dá início ao processo das transações, mas não tem acesso aos fundos movimentados pelo cliente. Isso significa que a instituição é responsável por fazer o recurso sair da conta do pagador e cair na do recebedor sem acessar diretamente à conta de nenhum deles.

Inclusive, para fazer uso da ferramenta, é necessário cadastrar os dados de um cartão de débito das bandeiras Visa ou Mastercard emitidos pelas instituições financeiras participantes, que são elas:

  • Banco do Brasil;
  • Banco Inter; 
  • Bradesco; 
  • Itaú;
  • Unibanco;
  • next; 
  • Nubank;
  • Mercado Pago; 
  • Sicredi;
  • Woop Sicredi.

Pix

O Pix é um meio de pagamento que atua como alternativa ao uso do TED, DOC, boleto e cartão de débito, logo, ele não é considerado um aplicativo, mas sim um sistema que atua dentro dos Apps de todas as instituições financeiras.

Homem desconfiado com a mão no queixo

Com o seu score calculado, você descobre o produto financeiro ideal para você!

Calcule o seu score de forma gratuita, rápida e segura e tenha acesso a centenas de cartões de crédito e outros produtos financeiros.
+ 1.267.543 milhões de pessoas já consultaram

Ao criar uma conta você aceita nossos termos de uso política de privacidade. Aceita também receber notificações por e-mail e SMS, que podem ser canceladas quando quiser.

Para utilizar o serviço é necessário ter conta corrente, conta poupança ou conta de pagamento em alguma das instituições parceiras e cadastrar uma ou mais (até quatro) chaves de acesso. Vale frisar que, atualmente, mais de 750 bancos já participam dessa rede que conta com mais de 500 mil clientes. 

Transferências

WhatsApp Pay

Até o momento, o WhatsApp Pay é voltado apenas para transações entre Pessoas Físicas. A versão business, que abrange Pessoas Jurídicas ainda não está disponível, mas o App negocia com o Banco Central sobre essa possibilidade.

A ferramenta também permite que o usuário realize até 20 transações por dia. É importante lembrar que o valor máximo de transferência é de R$ 5 mil por mês.

Pix

Diferentemente do WhatsApp Pay, o Pix permite o pagamento de boletos, a realização de transferências de Pessoa Física para Pessoa Física e também transferências de Pessoas Físicas para empresas.

Além disso, geralmente, as instituições não costumam impor um limite de transações por meio do sistema. Entretanto, esse ponto não é regra, visto que as instituições financeiras têm autonomia para decidir quais os limites de transferências.

Tarifas

WhatsApp Pay

O WhatsApp Pay não cobra tarifas para transferências entre Pessoas Físicas, no entanto, se a funcionalidade business for aprovada, as empresas pagarão uma taxa fixa de 3,99% por cada transferência recebida na função pagamento.

Pix

Assim como o aplicativo vizinho, o Pix não cobra qualquer tipo de tarifa nas transações entre Pessoas Físicas, contudo, isso não é uma regra. Isso porque cabe a cada instituição financeira definir o valor da tarifa estabelecida.

Conclusão

Apesar de possuírem características distintas, ambas ferramentas são excelentes alternativas para facilitar o dia a dia quando o assunto é transações. Para escolher qual a melhor opção para você, analise atentamente todos os pontos descritos nesse artigo e opte pelo meio de pagamento que melhor atenda às suas necessidades. 

Gostou do conteúdo?

Essas e diversas outras notícias e informações sobre o mercado financeiro você encontra aqui no blog da Foregon! Em caso de dúvidas ou sugestões, deixe seu comentário aqui embaixo.

Nos vemos em breve!

Gostou? Deixe seu curtir
Compartilhe
Nara Lima

Redatora e Especialista em Produtos e Serviços Financeiros na Foregon, gosta de escrever sobre educação financeira. Preza pela facilidade da leitura e pela checagem das informações, buscando produzir um conteúdo de leitura simplificada e que sane as dúvidas do leitor.

Ver todos os posts

Deixe seu comentário

Leia também

Conheça 5 contas PJ que não cobram para receber Pix

Pix ou cartão de crédito: qual a melhor forma para parcelar compras?

Como localizar os estabelecimentos que aceitam Pix Saque e Pix Troco?

Digio oferece opção de Pix parcelado no cartão de crédito: conheça

É cliente Santander? Veja como parcelar Pix em até 24 vezes

Pix parcelado: como funciona e quais bancos oferecem o serviço?

Pix Pessoa Jurídica: existe alguma tarifa para o serviço?

O Pix ameaça a existência do boleto?