Ir para o conteúdo principal
Foregon.comConteúdos
Acesse sua conta

Banco Central: quais são suas funções?

Por Nara LimaPublicado em

Alguma vez na vida, provavelmente, você já deve ter ouvido ou lido algo a respeito do Banco Central (BC), afinal, essa é a instituição bancária mais importante do país. No entanto, você sabe quais são suas reais funções dentro do sistema financeiro?

Para você entender tudo sobre o assunto e não ficar com dúvidas, preparamos este artigo. Continue a leitura e confira quais são as atribuições do órgão.

O que você procura?

Quais são as funções do Banco Central?

De modo geral, os Banco Centrais são um tipo de instituição presente na economia de diversos países, incluindo o Brasil. Em nosso país, o BC foi criado no ano de 1964 para acompanhar o desenvolvimento da economia.

De acordo com sua própria definição, o BC é responsável por regular o volume de dinheiro e de crédito da economia, assegurando estabilidade do poder de compra da moeda nacional. Além disso, ele também promove a eficiência e o desenvolvimento do sistema financeiro do país.

As funções do Banco Central

Além de implementar a política monetária, o BC é o responsável por emitir a moeda circulante no país, embora a impressão das notas seja feita pela Casa da Moeda, ele é a única autoridade que coloca em circulação novas notas.

Homem desconfiado com a mão no queixo
Com o seu score calculado, você descobre o produto financeiro ideal para você!
Calcule o seu score de forma gratuita, rápida e segura e tenha acesso a centenas de cartões de crédito e outros produtos financeiros.
+ 1.267.543 milhões de pessoas já consultaram

Ao criar uma conta você aceita nossos termos de uso política de privacidade. Aceita também receber notificações por e-mail e SMS, que podem ser canceladas quando quiser.

Ou seja, ele comanda a impressão de novas cédulas e também retira de circulação as cédulas velhas, desgastadas, substituindo-as por novas, garantindo o funcionamento adequado da economia.

A seguir, você confere outras atribuições do Banco Central

Banqueiro do governo

O BC regula as movimentações orçamentárias do governo, já que as contas onde ficam o dinheiro público estão alocadas à instituição, ou seja, é de sua responsabilidade a administração do capital junto ao governo federal.

Além disso, o Banco Central está ligado à participação em leilões de Títulos Públicos federais em nome do Tesouro Nacional e na análise de financiamentos do setor público. Por fim, a instituição também atua como assessor para as decisões do governo, disponibilizando pesquisas com informações econômicas.

Banco referência

O Banco Central é um ponto de segurança para a atividade bancária, pois todo o Sistema de Pagamentos Brasileiro (SPB) e o Sistema de Transferência de Reservas (STR) é monitorado pelo mesmo. Além disso, o BC opera diretamente outros dois sistemas dentro do SPB: o Sistema E

Além de dar suporte aos bancos, o BC também cria normas e fiscaliza as instituições, inibindo práticas abusivas ou ilícitas. Tal atribuição está ligada à estabilidade, competência e desenvolvimento do sistema financeiro do país.

Câmbio e reservas internacionais

O BC também é responsável pela política cambial e mantém a conta de reservas internacionais. Vale lembrar que as taxas de câmbio regulam diretamente o poder de compra do país, por isso, é o Banco Central que tem controle de tudo.

O Banco Central pode comprar ou vender dólares para atenuar oscilações bruscas na taxa de câmbio. A política cambial tem um papel complementar à política monetária porque, quando o real se deprecia em relação ao dólar, os preços aqui ficam mais altos, gerando inflação.

Resumidamente, podemos dizer que o BC realiza a manutenção de ativos em moedas internacionais.

Serviços do Banco Central para a população

Além de todas essas funções citadas anteriormente, os cidadãos podem usar o site do Banco Central para realizar diversas pesquisas econômicas, como:

  • Taxas de câmbio e conversor de moedas;
  • Taxas de juros importantes para controle financeiro, como taxas de cheque especial, cartão de crédito, aquisição de bens e crédito pessoal;
  • Tarifas bancárias e gratuidades;
  • Simulações de aplicações e financiamentos.

Descomplicamos?

Esperamos que esse conteúdo ajude você a entender melhor qual o papel do Banco Central no funcionamento do país. Em caso de dúvidas ou sugestões, deixe seu comentário aqui embaixo!

Até mais!

Gostou? Deixe seu curtir
Compartilhe
Nara Lima

Redatora e Especialista em Produtos e Serviços Financeiros na Foregon, gosta de escrever sobre educação financeira. Preza pela facilidade da leitura e pela checagem das informações, buscando produzir um conteúdo de leitura simplificada e que sane as dúvidas do leitor.

Ver todos os posts

Deixe seu comentário

Leia também

Qual a diferença entre Fiança, Seguro-fiança e Caução?

O que é Concordata? Descubra de forma descomplicada!

Estagflação: entenda o que é e quais os seus impactos

FGTS e seguro desemprego são a mesma coisa?

FGTS e seguro desemprego são a mesma coisa?

Bitcoin: Descubra aqui quais são suas vantagens e suas limitações

Dividendos: o que é e como funciona o investimento em renda passiva?

5 dicas para viver com um salário mínimo