Ir para o conteúdo principal
Foregon.comConteúdos
Acesse sua conta

Banco do Brasil vai fechar agências e demitir 5 mil funcionários

Por Thais SouzaPublicado em

Diante da crise econômica causada pelo Covid-19, na qual muitos perderam seus empregos, mais um notícia triste acaba de ser anunciada para os trabalhadores. O Banco do Brasil informou que aprovou a reorganização que prevê fechar 112 agências e demitir cerca de 5 mil funcionários. Continue a leitura para entender melhor.

Banco do Brasil vai fechar agências e demitir funcionários

Na segunda feira, dia 11 de janeiro, o Banco do Brasil informou ao mercado que acaba de aprovar um plano de reorganização para ganhos de eficiência operacional.

Dentre as várias medidas do plano, há a previsão de fechamento de 112 agências da instituição financeira, além da criação de um Programa de Adequação de Quadros (PAQ) e o Programa de Desligamento Extraordinário (PDE), que deve atingir cerca de cinco mil funcionários.

Imperdível
Sua chance de ter um cartão de crédito sem anuidade78.477 pessoas já pediram
Ver cartão
Encerra em 16:20

O anúncio veio após a instituição financeira registrar lucro líquido de R$ 3,08 bilhões no terceiro trimestre do ano passado, mesmo afetado pela pandemia. O resultado foi 27,5% menor que no mesmo período de 2019, em que o BB registrou lucro líquido contábil de R$ 4,2 bilhões.

Conheça o plano de reorganização

O plano de reorganização aprovado pelo banco tem o objetivo de otimizar os ganhos e a eficiência em 870 pontos de atendimento no país. Para isso, será necessária a desativação de 361 unidades do BB, sendo 112 agências, sete escritórios e 242 postos de atendimento.

Com o fechamento das agências, o Banco do Brasil teve que anunciar um programa de demissão voluntária para cinco mil funcionários, confira:

  • Programa de Adequação de Quadros (PAQ): otimizar a distribuição da força de trabalho, equacionando as situações de vagas e excessos nas unidades do banco. Além da opção de desligamento, o PAQ incentiva movimentações laterais para unidades onde existam vagas;
  • Programa de Desligamento Extraordinário (PDE): disponível a todos os funcionários da instituição financeira que atenderem aos pré-requisitos e é específico para o incentivo ao desligamento, com limite de cinco mil adesões.

De acordo com o BB, a reorganização da rede de atendimento serve para se adequar ao novo perfil e comportamento dos clientes, que vai privilegiar a especialização do atendimento e ampliação da oferta de soluções digitais. A implementação das medidas deve ocorrer durante o primeiro semestre deste ano.

Gostou do artigo?

Aqui no blog você encontra artigos e notícias sobre o universo financeiro. Não deixe de conferir. Caso tenha ficado com alguma dúvida, é só deixar seu comentário abaixo. Até a próxima!

Gostou? Deixe seu curtir
Compartilhe
Thais Souza

Redatora e Especialista em Produtos e Serviços Financeiros na Foregon, se identifica com conteúdos relacionados a investimentos e empréstimos e acredita que esse tipo de conhecimento pode mudar a vida das pessoas. Busca impactar a vida dos usuários que buscam resolver um problema ou conhecer melhor um produto ou serviço financeiro.

Ver todos os posts

Deixe seu comentário

Leia também

Confira 21 opções de sites de emprego para quem está em busca de uma vaga

Crédito: Serasa muda cálculo do score; confira como fica

Grupo Decolar passa a oferecer empréstimo pessoal de até R$ 25 mil

Com operação 100% online, Easynvest agora é Easynvest by Nubank

Receita Federal informa que R$ 295 milhões em restituições aguardam resgate

Confira lista dos melhores fundos imobiliários até maio de 2021

Pix: BC anuncia mecanismo de reembolso em casos de erro ou fraude

Mercado eleva projeção para Selic na semana do Copom