Ir para o conteúdo principal
Foregon.comConteúdos

Banco Inter pretende lançar maquininha até 2020

Por Luma HolandaPublicado em

Escolher e solicitar uma máquina de cartão de crédito é fundamental para quem tem ou deseja ter um negócio, independentemente do seu tamanho. Ciente dessa crescente demanda, inúmeras empresas lançam maquininhas com diferentes características e, agora, o Banco Inter também entra neste mercado.

Usar o dinheiro como forma de pagamento se tornou algo pouco comum, principalmente quando o valor da compra é alto. Sendo assim, é fundamental que as empresas de tecnologia e empreendedores acompanhem o mercado e busquem soluções para facilitar a vida dos consumidores.

Banco Inter

O Banco Inter, antigo Banco Intermedium, é um banco múltiplo brasileiro fundado em 1994, em Belo Horizonte. Dentre as suas principais características, está o fato de que ele é um dos primeiros bancos 100% digitais do Brasil, além de oferecer contas totalmente isentas de tarifas.

Imperdível
Sua chance de ter um cartão de crédito sem anuidade78.477 pessoas já pediram
Ver cartão
Encerra em 16:20

Além de conta digital para pessoa física e jurídica, a instituição oferece vários outros serviços, como empréstimo, financiamento, espaço para investimentos, seguros, câmbio, consórcios e poupança.

Maquininha Banco Inter

O Banco Inter pretende entrar no mercado das maquininhas de cartão de crédito até 2020. A novidade é que a instituição não usará os modelos de POS tradicionais, já que o objetivo é lançar uma maquininha que atua direto no celular dos pequenos empreendedores.

Com o aplicativo do banco, você só precisará colocar os dados da compra e, em seguida, posicionar o cartão do cliente em frente à câmera. É importante ressaltar que para a operação ser transacionada, o cartão do usuário deve ter a tecnologia NFC.

A sigla NFC significa Near Field Communication, que em português quer dizer Comunicação por Campo de Proximidade. Ou seja, a tecnologia serve para trocar informações entre dispositivos sem que o uso de cabos seja necessário, os aparelhos apenas precisam possuir chip compatível.

As taxas a serem praticadas ainda foram divulgadas, mas a instituição afirma que serão competitivas, já que existe a redução de custos por não haver uma maquininha. Vale lembrar que o serviço ficará disponível para clientes com contas PJ, ou seja, apenas para pessoas jurídicas.

Precisa de uma maquininha?

Leu o artigo e ficou com alguma dúvida? Não se preocupe! Comenta aqui embaixo que nós respondemos para você. E, caso tenha se interessado pelo conteúdo, separamos outros artigos sobre maquininha de cartão. Confira:

Esperamos ter ajudado. Até a próxima!

Gostou? Deixe seu curtir
Compartilhe
Luma Holanda

Jornalista, Analista de Marketing e Especialista em Produtos e Serviços Financeiros na Foregon. Acredita que a vida das pessoas pode melhorar através da educação financeira, por isso, se dedica em levar as melhores notícias e dicas sobre finanças às centenas de milhares de leitores de Foregon. Luma preza pela veracidade das informações e busca auxiliar leitores na compreensão de tudo acerca das suas finanças.

Ver todos os posts

Deixe seu comentário

Leia também

Sipag Net: conheça maquininha do Sicoob

Máquina de cartão Mercado Pago: veja se vale a pena

Maquininhas de cartão iFood: qual é a melhor opção?

Maquininha C6 Bank: confira os modelos, preços e taxas

Máquinas de cartão Cielo agora aceitam Bitcoin: entenda

Qual a melhor máquina de cartão para quem está começando?

Quais são as taxas da máquina de cartão Rede?

Quais são as taxas da máquina de cartão Stone?

  1. Home
  2. Conteúdo
  3. Maquininha