Ir para o conteúdo principal
Foregon.comConteúdos
Acesse sua conta

Banco subiu limite do cartão de crédito? Veja quais cuidados tomar

Por Thais SouzaPublicado em

Nos últimos dias, alguns clientes do C6 Bank e Nubank relataram que seus limites no cartão de crédito aumentaram consideravelmente. Em certos casos, o limite chegou a triplicar. Nessas situações é necessário redobrar o cuidado com seus gastos, afinal, o cartão de crédito não é um complemento da sua renda e o uso irresponsável pode acabar te deixando inadimplente.

Pensando nisso, neste artigo você vai conferir os principais cuidados que deve tomar após receber um aumento de limite. Vamos lá?

Cuidados necessários com limite alto no cartão de crédito

Faça um planejamento financeiro de acordo com sua renda

O erro de muitas pessoas é achar que o limite do cartão de crédito é uma renda complementar. Porém, é só uma forma de gastar e ter mais prazo para pagar. Para que você não entre em dívidas, o ideal é fazer um planejamento financeiro de acordo com sua renda.

Imperdível
Sua chance de ter um cartão de crédito sem anuidade78.477 pessoas já pediram
Ver cartão
Encerra em 16:20

Calcule todo o dinheiro que entra e sai do seu orçamento mensal, como as contas fixas de aluguel, energia, internet, dentre outras. O que sobrar desse valor, você poderá separar 30% para gastos com o cartão de crédito.

Mas, se você tem mais de um cartão, é preciso aplicar essa regra considerando todos os cartões juntos, ou seja, o limite somado de todos os cartões não deverá ultrapassar 30% de sua renda líquida.

Não use cartão de crédito em compras rotineiras

Na hora de comprar o cafézinho na padaria, produtos no supermercado ou outros gastos recorrentes, o ideal é evitar utilizar o seu limite no cartão de crédito. Você pode guardar o seu limite alta para emergências, por exemplo: se sua geladeira quebrar, talvez você precise usar o cartão de crédito para comprar uma nova em parcelas.

Estabeleça seu próprio limite

Se ao fazer o planejamento financeiro você percebeu que seu limite não é compatível com sua renda, você pode diminuir o seu limite no App do seu banco. Atualmente a maioria dos bancos oferecem o serviço de ajuste de limite.

Assim, você não corre o risco de gastar mais do que deve e depois não conseguir pagar o total da fatura. Quando isso acontece você pode acabar caindo em parcelamentos ou no pagamento mínimo, em que os juros são altíssimos e as chances de ficar inadimplente são maiores.

Quando é bom e quando é ruim ter um limite alto?

Ter um limite de crédito alto é bom quando você quer fazer uma compra grande ou para comprar bens e serviços e parcelar, sem comprometer tanto o orçamento mensal.

Porém, da mesma forma que seu cartão de crédito pode ser um grande aliado, se não for usado com responsabilidade, pode se tornar o vilão da sua vida financeira. Se o consumidor está endividado, um limite elevado no cartão pode fazer a dívida aumentar, virando uma bola de neve.

Por isso, use seu limite com consciência e lembre-se sempre de que esse dinheiro é do banco, e que você terá que pagar o valor na próxima fatura.

Leia também

No blog da Foregon você encontra esses e outros conteúdos para sua educação financeira. Aproveite e leia também:

Até a próxima!

Gostou? Deixe seu curtir
Compartilhe
Thais Souza

Redatora e Especialista em Produtos e Serviços Financeiros na Foregon, se identifica com conteúdos relacionados a investimentos e empréstimos e acredita que esse tipo de conhecimento pode mudar a vida das pessoas. Busca impactar a vida dos usuários que buscam resolver um problema ou conhecer melhor um produto ou serviço financeiro.

Ver todos os posts

Deixe seu comentário

Leia também

Instagram como ferramenta de negócios: guia completo

Como recarregar Bilhete Único pelo celular?

PicPay: como fazer cobranças pelo aplicativo?

Caixa abre 10 mil vagas de emprego para concursados, estagiários e aprendizes

Open Banking ou Open Finance: o que você precisa saber sobre esses sistemas

Não consegue guardar dinheiro? Conheça a “poupança por assinatura”

Golpe da revisão do INSS: veja como se proteger

Quer mudar de carreira? Confira essas dicas para trocar de profissão