Ir para o conteúdo principal
Foregon.comConteúdos
Acesse sua conta

Bancos oferecem “Seguro-Pix” em caso de sequestro

Por Nara LimaPublicado em

Não tem como negar, o Pix chegou para ficar e mudar a forma como os brasileiros realizam pagamentos e transações bancárias. Apesar de sua popularidade entre a população, muitos criminosos aproveitam a aceitação do sistema para aplicar crimes, como a "saidinha de banco", que pode ser aplicada em qualquer lugar e horário.

Como medida para garantir maior segurança para seus clientes, alguns bancos passaram a oferecer o Seguro-Pix. Continue a leitura e confira como a novidade funciona.

Seguro-Pix

Bancos, empresas e instituições financeiras, como Bradesco, Santander e Mercado Pago já ofereciam esse serviço desde o ano passado. Recentemente, o Itaú entrou para o time do Seguro-Pix, enquanto Caixa e Banco do Brasil ainda estudam sua implementação.

A novidade é muito simples, mas faz toda a diferença. Funciona assim: o usuário paga uma pequena taxa, variando de R$ 3,50 até R$ 15,90 por mês, e recebe a garantia que poderá acionar o "Seguro-Pix", recebendo uma indenização que varia de R$ 1.500 em um produto mais simples até R$ 30 mil.

Vale lembrar que esses valores não são iguais para todos os bancos, eles variam de acordo com a instituição.

Homem desconfiado com a mão no queixo

Com o seu score calculado, você descobre o produto financeiro ideal para você!

Calcule o seu score de forma gratuita, rápida e segura e tenha acesso a centenas de cartões de crédito e outros produtos financeiros.
+ 1.267.543 milhões de pessoas já consultaram

Ao criar uma conta você aceita nossos termos de uso política de privacidade. Aceita também receber notificações por e-mail e SMS, que podem ser canceladas quando quiser.

O que diferencia o Seguro-Pix de outros sistemas é que para receber o valor o usuário precisa estar sob ameaça física e restrição de liberdade na hora da transação, tendo como comprovar isso e realizar boletim de ocorrência. Se não for considerado fraude, o dinheiro é liberado.

Individual e intransferível, o Seguro-Pix só é válido para sequestros e situações nas quais o indivíduo é coagido. Golpes e chantagens não estão cobertos por esse produto, ou seja, ele não abrange outros tipos de fraudes.

Informamos?

Essas e muitas outras informações sobre finanças, tecnologia e economia você encontra no nosso portal. Vale a pena conferir! Em caso de dúvidas ou sugestões, deixe seu comentário aqui embaixo, combinado?

Até mais!

Gostou? Deixe seu curtir
Compartilhe
Nara Lima

Redatora e Especialista em Produtos e Serviços Financeiros na Foregon, gosta de escrever sobre educação financeira. Preza pela facilidade da leitura e pela checagem das informações, buscando produzir um conteúdo de leitura simplificada e que sane as dúvidas do leitor.

Ver todos os posts

Deixe seu comentário

Leia também

Bandeira verde deixará a conta de luz mais barata?

PicPay Card: anuncia fim da promoção de cashback de 5%

Conheça a nova função de consulta ao score de crédito do PicPay

Falha de sistema no C6 Bank resulta em desvio de R$ 23 milhões

Nova margem consignável para empréstimos em 2022 será de até 40% do benefício

Conheça as 8 mulheres mais ricas do Brasil em 2022

4 dos 10 bancos mais rentáveis do mundo são brasileiros

Saque extraordinário do FGTS: nascidos em fevereiro poderão sacar R$ 1 mil a partir do dia 30