Ir para o conteúdo principal
Foregon.comConteúdos
Acesse sua conta

Bandeira verde deixará a conta de luz mais barata?

Por Nara LimaPublicado em

Chegou ao fim a cobrança da bandeira de tarifária da escassez hídrica, a mais cara do sistema. O Comitê de Monitoramento do Setor Elétrico (CMSE) anunciou que a bandeira tarifária de maio será verde para todos consumidores do Sistema Interligado Nacional, que abrange a maior parte do país.

A cobrança extra incide nas contas de luz desde setembro de 2021, como uma medida para desestimular o consumo e cobrir custos adicionais gerados pela falta de chuvas no período em questão.

Bandeira verde: o que muda para o consumidor?

Nos próximos meses, as principais distribuidoras devem passar por reajustes tarifários, e segundo previsão do governo, haverá redução de 20% na conta de luz do consumidor residencial. 

Desde setembro de 2021, a bandeira Escassez Hídrica, no valor de R$ 14,20 a cada 100 kWh consumidos, era a vigente. O valor extra cobrado na conta dos brasileiros foi essencial para compensar o período de escassez de recursos hídricos, o pior em 91 anos.

Entenda as bandeiras tarifárias

O sistema de bandeiras tarifárias foi desenvolvido pela Enel para sinalizar o custo real da energia gerada, possibilitando aos consumidores o bom uso da energia elétrica. O funcionamento das bandeiras tarifárias é simples: as cores verde, amarela ou vermelha (nos patamares 1 e 2). Confira o que cada uma representa:

Homem desconfiado com a mão no queixo

Com o seu score calculado, você descobre o produto financeiro ideal para você!

Calcule o seu score de forma gratuita, rápida e segura e tenha acesso a centenas de cartões de crédito e outros produtos financeiros.
+ 1.267.543 milhões de pessoas já consultaram

Ao criar uma conta você aceita nossos termos de uso política de privacidade. Aceita também receber notificações por e-mail e SMS, que podem ser canceladas quando quiser.

  • Bandeira verde: a tarifa não sofre nenhum acréscimo;
  • Bandeira amarela: a tarifa sofre acréscimo de R$ 0,01874 para cada quilowatt-hora (kWh) consumido;
  • Bandeira vermelha – Patamar 1: a tarifa sofre acréscimo de R$ 0,03971 para cada kWh consumido.
  • Bandeira vermelha – Patamar 2: a tarifa sofre acréscimo de R$ 0,09492 para cada kWh consumido.

Dica Foregon

Apesar de diminuição no valor da conta de luz, economizar energia ainda é um passo essencial. Pensando nisso, separamos dois conteúdos que podem te dar uma forcinha nesse momento. Confira!

Até mais!

Gostou? Deixe seu curtir
Compartilhe
Nara Lima

Redatora e Especialista em Produtos e Serviços Financeiros na Foregon, gosta de escrever sobre educação financeira. Preza pela facilidade da leitura e pela checagem das informações, buscando produzir um conteúdo de leitura simplificada e que sane as dúvidas do leitor.

Ver todos os posts

Deixe seu comentário

Leia também

Inter oferece 12% de cashback nas compras feitas na Amazon

Banco do Brasil lança financiamento de iPhone em até 60X

Caixa reduz parcelas de financiamento durante licença maternidade

FGTS poderá ser utilizado para compra de casa popular em 2023

Foregon marca presença no StartupON compondo time de empreendedores da região Oeste do Estado de São Paulo

Ganhe 4% de investback com o cartão XP para abastecer seu veículo

Auxílio Brasil cancelado: conheça os principais motivos

Distrito e Foregon promovem um seminário gratuito sobre Educação Financeira para negócios