Ir para o conteúdo principal
Foregon.comConteúdos
Acesse sua conta

BC anuncia nova plataforma para consultar dinheiro esquecido

Por Nara LimaPublicado em

Essa semana, o Banco Central (BC) anunciou a criação de um novo site para o Sistema Valores a Receber (SRV), que permite a consulta de Pessoas Físicas e Jurídicas as "quantias esquecidas" em contas nos bancos ou em outras instituições financeiras

De acordo com o banco, o novo site entrará em funcionamento ainda esse mês, no dia 14 de fevereiro. A solicitação de transferência de valores pelo usuário estará disponível a partir do dia 7 de março.

Como consultar o "dinheiro esquecido"

Primeiramente, para iniciar a consulta e solicitar os recursos financeiros é preciso que o usuário tenha cadastro no site do governo e utilize seu CPF ou CNPJ. Veja abaixo no passo a passo:

Para abrir a conta, basta seguir o passo a passo abaixo:

  1. Acesse o site Gov.br ou abra o App (Android e iOS);
  2. Em seguida, o usuário deverá realizar o reconhecimento facial e disponibilizar seu CPF;
  3. Após esse passo, é necessário criar uma senha e pronto.

A conta tem três níveis de segurança e acesso: bronze, prata e ouro. Para conseguir resgatar o dinheiro esquecido, o cidadão deverá ter uma conta nível prata ou ouro, que oferecem mais segurança digital.

Homem desconfiado com a mão no queixo

Com o seu score calculado, você descobre o produto financeiro ideal para você!

Calcule o seu score de forma gratuita, rápida e segura e tenha acesso a centenas de cartões de crédito e outros produtos financeiros.
+ 1.267.543 milhões de pessoas já consultaram

Ao criar uma conta você aceita nossos termos de uso política de privacidade. Aceita também receber notificações por e-mail e SMS, que podem ser canceladas quando quiser.

Assim que o indivíduo estiver com a conta nível prata ou ouro, ele já está apto a acessar a página. Nela, será requerido a confirmação da identidade por meio de um CPF ou CNPJ. Logo após o cidadão fornecer os números, a plataforma vai consultar seus dados e informar se existem valores a serem resgatados em bancos ou instituições financeiras.

Se houver algum valor disponível, o sistema vai fornecer uma data para que ele possa ver os valores disponíveis e pedir a transferência do dinheiro. Caso a pessoa perca a data informada, o sistema vai informar uma nova data para retorno.

Atente-se a golpes

Para evitar fraudes com o novo site, o Banco Central sinalizou alguns pontos de alerta a quem desejar consultar os possíveis valores esquecidos. Confira quais são eles:

  • O único site oficial é o valoresareceber.bcb.gov.br;
  • O Banco Central não entra em contato ou envia links para confirmar dados pessoais;
  • Ninguém está autorizado a entrar em contato com qualquer pessoa em nome do Banco Central ou do SVR;
  • O BC não envia links por e-mail, SMS, WhatsApp ou Telegram;
  • Não é necessário realizar qualquer pagamento para ter conhecimento da quantia de dinheiro.

Essas são algumas dicas para evitar golpes com o novo sistema. 

Gostou da novidade?

Acompanhe todas as notícias do mundo das finanças e economia no Portal da Foregon. Estar sempre atualizado é essencial, concorda? Em caso de dúvidas ou sugestões, deixe seu comentário aqui embaixo.

Até mais!

Gostou? Deixe seu curtir
Compartilhe
Nara Lima

Redatora e Especialista em Produtos e Serviços Financeiros na Foregon, gosta de escrever sobre educação financeira. Preza pela facilidade da leitura e pela checagem das informações, buscando produzir um conteúdo de leitura simplificada e que sane as dúvidas do leitor.

Ver todos os posts

Deixe seu comentário

Leia também

Bandeira verde deixará a conta de luz mais barata?

PicPay Card: anuncia fim da promoção de cashback de 5%

Conheça a nova função de consulta ao score de crédito do PicPay

Falha de sistema no C6 Bank resulta em desvio de R$ 23 milhões

Nova margem consignável para empréstimos em 2022 será de até 40% do benefício

Conheça as 8 mulheres mais ricas do Brasil em 2022

4 dos 10 bancos mais rentáveis do mundo são brasileiros

Saque extraordinário do FGTS: nascidos em fevereiro poderão sacar R$ 1 mil a partir do dia 30