Ir para o conteúdo principal
Foregon.comConteúdos
Acesse sua conta

Black Friday 2021: dicas para se dar bem e fugir das dívidas

Por Camila SilveiraPublicado em

Na Black Friday, a grande maioria das empresas varejistas oferecem excelentes descontos em seus produtos e serviços, e neste ano não vai ser diferente. Confira quando o evento acontecerá no Brasil, as melhores ofertas e como aproveitar esse período de promoções sem comprometer suas finanças!

Quando acontece a Black Friday 2021?

A Black Friday 2021 acontece no dia 26 de novembro, última sexta-feira do mês. Apesar disso, vale ressaltar que diversas empresas já estão se preparando para oferecer seus descontos e promoções com antecedência. É bem provável, portanto, que você veja ao longo do mês ofertas, como:

  • Black Week: que vai do dia 21 até 27 de novembro;
  • Black Weekend: que vai do dia 26 a 28 de novembro;
  • Black November: que traz ofertas nos 30 dias de novembro.

Black Friday 2021: dicas para se dar bem e fugir das dívidas

1. Faça uma lista do que você pretende comprar

Como são muitas ofertas em diferentes segmentos, é necessário criar uma lista do que você pretende comprar para não perder o controle.

Dessa forma, não importa a ordem com que vai receber as ofertas, afinal, você só vai gastar com aquilo que realmente quer, sem comprometer seu orçamento com itens que não são importantes no momento.

Não se esqueça também de anotar a marca, o modelo, a cor e outras características dos produtos que considera relevante. Assim, você consegue poupar tempo, em vez de ficar procurando o produto ideal no dia das promoções, o que pode diminuir a sua capacidade de resistir às tentações.

Outra dica é se planejar para antecipar as compras do Natal. Essa lista pode te ajudar a saber exatamente quais presentes precisa comprar e permite o monitoramento dos preços com antecedência. 

2. Tenha organização

Com a lista de desejos em mãos, você poderá começar a encontrar os sites que pretende visitar para adquirir os produtos. Para isso, uma nova pasta de favoritos no navegador pode ser bastante útil.

Além disso, faça o cadastro nas lojas que vai fazer o acompanhamento das ofertas e tenha certeza que está tudo em ordem nas lojas em que já é cadastrado. Tenha em mente que no dia oficial da Black Friday pode haver congestionamentos e estoques reduzidos, então comece a se preocupar com o acesso aos sites.

Outra dica de ouro é não deixar o seu cartão de crédito salvo em todos os cadastros para evitar problemas futuros. Embora seja prático, é muito mais seguro utilizar suas informações somente na hora da compra ou gerar um cartão virtual. 

3. Compare os preços com antecedência

Talvez, essa seja a dica mais importante da Black Friday, afinal, muitas lojas aproveitam a data para oferecer descontos falsos. 

Em edições passadas, o evento foi motivo de piada com o bordão "tudo pela metade do dobro", no entanto, sites como o Buscapé e Bondfaro mostram quais são os preços de grandes empresas, podendo ser útil para você entender se está sendo ou não enganado.

Esse tipo de comparador traz o histórico de preços dos últimos meses, mostrando para você se realmente há uma promoção. Quanto mais você souber sobre os preços de um produto, mais bem preparado estará para a Black Friday 2021.

4. Estabeleça um limite de gastos com o cartão de crédito

Jamais utilize todo o limite do seu cartão de crédito nas compras da Black Friday, afinal, isso pode impactar o seu orçamento mensal, o que não é segredo para ninguém.

Apesar de parecer óbvio, o que muitos consumidores não pensam é que algumas contratações, como é o caso de streamings, dependem do limite do cartão. Dessa forma, faça um bom planejamento para não perder o controle e abra mão de determinadas aquisições, caso isso possa te trazer algum prejuízo financeiro.

5. Priorize as promoções que oferecem cashback

Para quem não conhece, cashback é um termo que vem do inglês e que significa "dinheiro de volta". Com esse serviço, você consegue comprar produtos com descontos na Black Friday 2021 e ainda receber uma parte do valor pago de volta!

Apesar de existirem muitos programas de cashback no Brasil, o Méliuz é o mais popular. Nele, o usuário precisa se cadastrar gratuitamente, encontrar lojas online através do site Méliuz e receber dinheiro de volta ao realizar compras nos estabelecimentos parceiros.

6. Verifique se a loja virtual é confiável

Vale ressaltar que nessa época do ano, muitos criminosos aproveitam a data para aplicar golpes nos consumidores brasileiros. Para evitar maiores prejuízos, verifique sempre se o site que você está acessando tem o "https" na frente e o símbolo de cadeado ao lado esquerdo do endereço.

Uma outra dica é verificar a reputação da empresa em questão no site Reclame Aqui ou no do Procon, já que eles listam as lojas e avaliam a confiabilidade delas. Além disso, sites como a BlackFriday.com.br e BlackFriday.org.br trazem uma relação das companhias que estão participando da campanha e suas ofertas legítimas.

Por fim, sempre desconfie de ofertas muito atraentes de sites que você nunca ouviu falar. Nesses casos, faça uma pesquisa no Google ou pergunte a amigos se conhecem a loja. Caso não encontre referências, evite comprar neles.

7. Saiba que a Black Friday não é a única oportunidade de desconto

Essa dica pode parecer bobagem, mas a verdade é que a Black Friday não vai ser a sua última oportunidade para comprar o que deseja.

Os produtos, principalmente os eletrônicos, tendem a ficar mais baratos com o tempo, até porque novas versões chegam ao mercado o tempo todo, barateando aqueles itens que já estavam disponíveis.

Outro ponto é que o comércio brasileiro sempre recorre às promoções para atrair clientes pelo preço. Um exemplo disso é a Cyber Monday 2021, que acontecerá na segunda-feira, dia 29 de novembro, com descontos em eletrônicos, como celulares e computadores.

Aqui no Brasil, ainda temos a Semana do Brasil em setembro e outras liquidações sazonais. Se você ainda não encontrar nenhuma oferta interessante, poderá recorrer aos outlets (mercado de vendas a varejo) que estão se multiplicando no país afora.

8. Considere outros custos envolvidos na compra

Alguns itens exigem compras auxiliares, como é o caso de consoles que precisam de jogos para serem usados ou robôs de limpeza que precisam de refis de panos e energia para recarregar após cada uso.

Sendo assim, antes de tomar a decisão de compra, considere o quanto essa nova aquisição vai custar para os seus gastos mensais. Isso é extremamente importante se você tem um orçamento apertado, pois essas despesas podem impactar consideravelmente suas finanças.

Descomplicamos?

Esperamos ter ajudado você com essas dicas para a Black Friday 2021. Em caso de dúvidas ou sugestões, deixe o seu comentário para nós e até a próxima!

Gostou? Deixe seu curtir
Compartilhe
Camila Silveira

Redatora e Especialista em Produtos e Serviços Financeiros na Foregon, adora descomplicar os cartões de crédito, empréstimos, financiamentos, seguros, contas digitais, entre outros. Boa parte do seu trabalho é acompanhar a movimentação dos bancos e instituições financeiras para trazer as principais notícias do mercado.

Ver todos os posts

Deixe seu comentário

Leia também

Inter Pass: conheça a tag de pedágio do Banco Inter

Auxílio Belo Horizonte: saiba como solicitar e tire suas dúvidas

Principais filmes que todo apaixonado pelo mercado financeiro deve assistir

Black Friday 2021 dos bancos

5 aplicativos que podem te ajudar a economizar no combustível

BTG+ Go: chega de filas de pedágio e estacionamentos

Saque PIS/Pasep: veja quem poderá sacar a partir de 2022

PIS 2021/22: tudo sobre o pagamento do abono salarial