Foregon.comConteúdos

Entenda a Bolsa de Valores e como ela funciona

Por Janaína TavaresPublicado em
Compartilhe

A Bolsa de Valores é considerada um grande mercado em que acontecem as negociações de ações, títulos e outros ativos. Mas você sabia também que ela é a responsável por regular essas atividades e impedir que as pessoas ajam de má fé e levem o mercado à falência? Para descobrir mais detalhes a respeito dela, continue a leitura do nosso texto:

Como funciona?

Quando as empresas percebem que têm a oportunidade de serem bem sucedidas em relação a algum projeto ou atividade, elas oferecerem a venda de uma parte da instituição em troca dos fundos que necessitam.

Ou seja, ao invés de realizarem um empréstimo para alcançar esse objetivo, elas optam por vender uma parte dos negócios. Dessa forma, estão aceitando partilhar os seus lucros com os investidores. Assim, você compra a ação creditando que os esforços serão bem sucedidos e que irá lucrar com o dinheiro que investiu na empresa.

Imperdível
Sua chance de ter um cartão de crédito sem anuidade78.477 pessoas já pediram
Ver cartão
Encerra em 16:20

Por outro lado, quando esse investimento não gera bons frutos para as empresas, você também perde dinheiro. Por isso, é uma forma de compartilhar sucessos e riscos, tornando perdas menores tanto para você como para a instituição. E, este é o objetivo da Bolsa de Valores, garantir que as ações compradas são suas e que esses negócios realmente existem.

Curiosidades sobre a Bolsa de Valores

Existem, atualmente, diversas Bolsas de Valores espalhadas pelo mundo que criam vários mercados possíveis para negociações. Por isso, vale lembrar que elas não podem ser consideradas apenas como um mercado de ações.

Nos Estados Unidos, por exemplo, as bolsas predominantes são duas: a New York Stock Exchange (NYSE) e a Nasdaq. Enquanto isso, a única representante global do Brasil é a Bovespa, conhecida também como B3 e que está em alta no momento (pesquisa do dia 18/11/19): o Ibovespa, avançou 0,47%, a 106.556 pontos.

Além disso, dentro desse cenário, os homens ainda são os que mais aplicam na Bolsa de Valores. Contudo, segundo dados do Governo brasileiro, as mulheres continuam crescendo e já representam 22,08%, ou seja, cerca de 144 mil investidoras na Bolsa. Para conhecer melhor essas e outras curiosidades, clique aqui.

O que você deve fazer para investir em ações?

Primeiro passo: antes de mais nada, você deve se dedicar a esta área, estudando o mercado financeiro, fazendo cursos relacionados à temática e cadastrando-se na corretora de sua preferência. Adiante, você precisa mostrar interesse e deixar uma corretora de valores, autorizada e cadastrada na BM&F Bovespa, saber que está interessado;

Segundo passo: deixe claro para o seu corretor quantas ações você quer de uma empresa específica ao preço de mercado atual ou faça todas as transações online, com a consultoria de sua corretora. A ordem de compra ou venda é então colocada na bolsa de valores;

Terceiro passo: alguém disposto a vender o estoque (que pode ser a própria empresa) vende as ações para o valor acordado. Uma vez que este acordo é feito, a troca é completa. Assim que sua primeira transação é realizada, você já está dentro do mercado de ações.

Depois de ter lido nosso conteúdo, ficou ainda com alguma dúvida? Se sim, pergunte aqui pra gente. Até mais!

Gostou? Deixe seu curtir
Compartilhe nas suas redes sociais

Janaína Tavares

Jornalista e produtora de conteúdo, é Redatora na Foregon. Apaixonada por cinema e pelo mundo asiático, seu foco está em entregar textos úteis e inspiradores.

Ver todos os posts

Leia a seguir

  • Dicas financeiras

    O que é a Click Conta Bradesco?

  • Dicas financeiras

    Faturamento MEI 2020: descubra

  • Dicas financeiras

    Como pagar boleto com PayPal?

  • Dicas financeiras

    Sky pré-pago: conheça e veja se vale a pena

Ver mais conteúdos

Veja o que estão comentando

Principais conteúdos

Principais assuntos

  1. Home
  2. Conteúdo
  3. Dicas financeiras