Foregon.comConteúdos

Carro importado: vale a pena comprar?

Por Camila SilveiraPublicado em
Compartilhe

Possuir um carro importado pelo preço de um veículo nacional, com câmbio automático, design diferenciado, entre diversas outras características inclusas, pode ser a aspiração de muitas pessoas. Porém, será que realmente vale a pena comprá-lo, levando em consideração os impostos e toda a manutenção que eventualmente vão aparecer? 

Carro importado: vale a pena comprar? 

Se formos levar em consideração o preço de um carro importado usado, que pode variar entre R$ 32 mil e R$ 35 mil, é possível dizer que comprá-lo seria um bom negócio. Porém, é válido lembrar que economizar não significa optar pelo preço mais baixo, devido à manutenção do veículo que aparecerá futuramente e que poderá ser dispendiosa. 

Para entender melhor, o valor de um reparo sobre um equipamento danificado de um veículo nacional de R$ 35 mil fica em torno de R$ 1.000 (retífica completa), enquanto de uma BMW, por exemplo, é de R$ 4.000. Portanto, se todas as vezes que surgir uma avaria em seu carro importado, você tiver que desembolsar muito dinheiro, pode não compensar comprá-lo. 

Imperdível
Sua chance de ter um cartão de crédito sem anuidade78.477 pessoas já pediram
Ver cartão
Encerra em 16:20

Além disso, outros custos como combustível, emplacamento e taxas de impostos podem ser uma desvantagem ao comprar um carro importado. Por exemplo: a tributação desses automóveis é bem alta por conta das regras impostas pela Receita Federal, portanto de acordo com essas informações, pode valer mais a pena optar por um carro nacional.

Tributos cobrados:

  • ICMS: Imposto sobre operações relativas à circulação de mercadorias e sobre prestações de serviços de transporte interestadual, intermunicipal e de comunicação;
  • IPI: Imposto sobre Produtos Industrializados
  • PIS/Cofins;
  • Entre outras alíquotas aplicadas para diferentes motores.

Sendo assim, com tantas desvantagens financeiras que essa compra apresenta, talvez essa não seja uma boa opção para você, entretanto é claro que isso vai depender da sua análise. Portanto, caso você possua boas condições e saiba que o veículo está em um ótimo estado, sem necessidade de manutenção, compare os preços e faça um bom proveito da sua aquisição. 

Restou alguma dúvida? Deixe um comentário e até a próxima! 

Gostou? Deixe seu curtir
Compartilhe nas suas redes sociais

Camila Silveira

Estudante de Publicidade e Propaganda e Redatora na Foregon. É fascinada por músicas, livros, conversas e procura entender a real necessidade das pessoas para poder solucioná-la através de seu trabalho.

Ver todos os posts

Leia a seguir

  • Dicas financeiras

    Como funciona o limite do cheque especial?

  • Dicas financeiras

    Como fazer a Carteira de Trabalho?

  • Dicas financeiras

    Concurso público: o que é e como funciona?

  • Dicas financeiras

    25 receitas de Natal econômicas para uma ceia completa

Ver mais conteúdos

Veja o que estão comentando

Principais conteúdos

Principais assuntos

  1. Home
  2. Conteúdo
  3. Dicas financeiras