Ir para o conteúdo principal
Foregon.comConteúdos
Acesse sua conta

Cartão de crédito: a compra não foi autorizada, mas a cobrança veio

Por Nara LimaPublicado em

De acordo com o Programa de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon) do estado de São Paulo, a cobrança errada com o cartão de crédito é a segunda maior queixa dos consumidores que compram pela internet.

Se você compra um produto com o cartão de crédito e a transação não é autorizada, mas a cobrança chega da mesma forma, o que deve ser feito? Neste artigo, vamos falar sobre algumas atitudes que podem ser tomadas nesse caso!

Cobrança de uma compra não autorizada no cartão de crédito

Antes de mais nada, é importante atentar-se ao fato que as empresas são obrigadas a avisar quando a compra é aprovada ou não, certo? Ione Amorim, economista e coordenadora do programa de serviços financeiros do Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor (Idec), afirma que essa é uma responsabilidade das instituições.

Imperdível
Sua chance de ter um cartão de crédito sem anuidade78.477 pessoas já pediram
Ver cartão
Encerra em 16:20

Se a cobrança ocorreu mesmo com a compra não autorizada, o mais indicado é tirar uma captura de tela de todas as confirmações ou negativas, além de autorizar as mensagens no celular sobre as compras com o cartão.

Dessa forma, se for analisado que a empresa vendedora não autorizou a compra, e depois realizou a cobrança, a responsabilidade é dela. Entretanto, se o consumidor tem alguma prova de que a administradora do cartão de crédito confirmou que não autorizou a compra, a responsabilidade é dela.

Por isso, o aconselhado é que essa conversa seja feita por meio de e-mails ou mensagens, já que a conversa no celular, a menos que tenha sido gravada, não pode ser utilizada como prova.

Quais medidas podem ser tomadas?

Se as queixas dentro da empresa não estiverem funcionando, você pode reclamar diretamente no consumidor.gov.br. No entanto, se a empresa em questão não devolver o dinheiro o aconselhado é procurar a justiça para ficar a par de seus direitos. 

"Se o consumidor dá queixa amigavelmente e a empresa insiste em não reconhecer o erro, o consumidor tem direito à devolução em dobro", diz Amorim.

Descomplicamos?

Esperamos que esse conteúdo te auxilie com eventuais problemas futuros, afinal, o nosso maior objetivo é descomplicar a sua vida financeira. Em caso de dúvidas ou sugestões, deixe seu comentário aqui embaixo.

Até mais!

Gostou? Deixe seu curtir
Compartilhe
Nara Lima

Redatora e Especialista em Produtos e Serviços Financeiros na Foregon, gosta de escrever sobre educação financeira. Preza pela facilidade da leitura e pela checagem das informações, buscando produzir um conteúdo de leitura simplificada e que sane as dúvidas do leitor.

Ver todos os posts

Deixe seu comentário

Leia também

Nubank oferece cartão com R$ 50 de limite: veja como aumentar o valor

Comparativo: cartão de crédito do Banco Original ou Banco Inter

Conheça o crediário Banco do Brasil para compra de materiais de construção

C6 Bank: saiba como aumentar o limite do seu cartão de crédito

Cartão de crédito: quando os benefícios se tornam armadilhas

PagBank: descubra todas as vantagens do cartão de crédito

C6 Bank libera limite de crédito de até R$ 70 mil

Saiba como aumentar o limite do cartão de crédito Neon