Ir para o conteúdo principal
Foregon.comConteúdos
Acesse sua conta

Cartão de crédito: endividamento atinge 72% dos brasileiros

Por Nara LimaPublicado em

O cartão de crédito pode sim ser um grande aliado das finanças quando utilizado com sabedoria, no entanto, essa não é a realidade de grande parte dos brasileiros.

De acordo com levantamento realizado pela Associação Brasileira de Defesa do Consumidor (Proteste), o cartão de crédito foi o responsável pelo endividamento de 72% dos moradores das duas mais populosas cidades do país, Rio de Janeiro e São Paulo.

Endividamento por cartão de crédito 2022

Em 2021, a taxa alcançou 81%, porcentagem mais alta que a atual, entretanto, segundo a pesquisa, a proporção de entrevistados que se consideram muito endividados passou de 18% em 2021 para 23% em 2022.

O cartão de crédito não foi o único responsável pelas dívidas entre as famílias brasileiras. O desemprego e o cheque especial, correspondendo, respectivamente, a 44% e 42%, também ganharam destaque entre os principais causadores do endividamento.

O levantamento foi realizado com 500 pessoas, com idades entre 18 a 70 anos. O público consultado tem média de idade de 44 anos.

Endividamento: São Paulo x Rio de Janeiro

Em comparação aos paulistas, os cariocas têm sido mais afetados por essa questão. Enquanto cerca de 26% dos moradores do Rio de Janeiro se consideram muito endividados, em São Paulo, a proporção de pessoas com dívidas é de 21%.

Homem desconfiado com a mão no queixo

Com o seu score calculado, você descobre o produto financeiro ideal para você!

Calcule o seu score de forma gratuita, rápida e segura e tenha acesso a centenas de cartões de crédito e outros produtos financeiros.
+ 1.267.543 milhões de pessoas já consultaram

Ao criar uma conta você aceita nossos termos de uso política de privacidade. Aceita também receber notificações por e-mail e SMS, que podem ser canceladas quando quiser.

O levantamento mostra que esse cenário é mais comum, principalmente, entre aqueles que recebem de um a dois, e dois a cinco salários-mínimos. Os dados ainda apontam que 64% dos entrevistados que têm renda familiar acima de dez salários-mínimos afirmam não ter nenhuma dívida.

Em 2022, 46% da população carioca já deixou de pagar uma conta. Já entre os paulistas, o índice corresponde a 40%.

Dica Foregon

Ter uma boa organização financeira é o primeiro passo para deixar as dívidas bem longe do seu bolso. No Portal da Foregon você encontra diversos conteúdos que podem te ajudar a lidar com o dinheiro de uma melhor forma.

Gostou? Deixe seu curtir
Compartilhe
Nara Lima

Redatora e Especialista em Produtos e Serviços Financeiros na Foregon, gosta de escrever sobre educação financeira. Preza pela facilidade da leitura e pela checagem das informações, buscando produzir um conteúdo de leitura simplificada e que sane as dúvidas do leitor.

Ver todos os posts

Deixe seu comentário

Leia também

Inter oferece 12% de cashback nas compras feitas na Amazon

Banco do Brasil lança financiamento de iPhone em até 60X

Caixa reduz parcelas de financiamento durante licença maternidade

FGTS poderá ser utilizado para compra de casa popular em 2023

Foregon marca presença no StartupON compondo time de empreendedores da região Oeste do Estado de São Paulo

Ganhe 4% de investback com o cartão XP para abastecer seu veículo

Auxílio Brasil cancelado: conheça os principais motivos

Distrito e Foregon promovem um seminário gratuito sobre Educação Financeira para negócios