Ir para o conteúdo principal
Foregon.comConteúdos
Acesse sua conta

Celular clonado: o que fazer para se prevenir?

Por Janaína TavaresPublicado em

A tecnologia é uma grande aliada do nosso cotidiano. O celular, por exemplo, já se tornou um item indispensável para muitos brasileiros que o utilizam para acessar redes sociais, contas bancárias e realizar ligações. Contudo, você já parou para pensar no que pode acontecer se o seu celular for clonado?

Esse é um assunto que pode gerar até um certo desconforto, além do mais, ninguém que passar por esse tipo de situação.

Por isso, o ideal é entender como funciona esse golpe e o que você pode fazer para se prevenir. Acompanhe a leitura do artigo até o final e descubra tudo isso!

Imperdível
Sua chance de ter um cartão de crédito sem anuidade78.477 pessoas já pediram
Ver cartão
Encerra em 16:20

O que é a clonagem de celular?

A clonagem de celular é um ato criminoso, feito por pessoas que têm a intenção de roubar informações sigilosas ou se passar por outro indivíduo. De acordo com a definição da Agência Nacional de Telecomunicações (ANATEL), a clonagem de celular:

"[…] é um aparelho que foi reprogramado para transmitir o código do aparelho e o código do assinante habilitado. Assim, o fraudador usa o aparelho clonado para fazer as ligações telefônicas e as mesmas são debitadas na conta do titular da linha."

No entanto, quando falamos sobre esse clonagem, é importante mencionar que existem dois tipos de golpes relacionados à ela: clonagem do aparelho e clonagem de aplicativo. Continue a leitura para saber a respeito de ambas.

Celular clonado: golpe pelo aparelho telefônico 

Este é o tipo de golpe que envolve o uso de tecnologias ilegais de monitoramento. Na prática, ele acontece quando o criminoso consegue ter acesso à sua linha telefônica para fazer chamadas, no entanto, quem paga a conta das ligações é você (vítima).

Vale ressaltar que esse golpe normalmente acontece quando o aparelho telefônico está fora da área de cobertura original da operadora (modo "roaming"). Portanto, você precisa prestar atenção nos seguintes pontos para descobrir se está sendo vítima desse golpe:

  • Chamadas frequentes de pessoas buscando por alguém no seu telefone;
  • Dificuldades para completar as suas ligações;
  • Crédito do celular clonada geralmente acabam rápido;
  • Conta do celular está chegando mais cara do que o de costume.

Celular clonado: como se prevenir?

  • Olhe com atenção os dados da sua fatura;
  • Não use o celular em modo analógico;
  • Ative sempre que possível a opção digital do seu celular;
  • Faça manutenção do aparelho em estabelecimentos seguros.

Celular clonado: golpe pelo aplicativo

Por outro lado, esse golpe ocorre quando o criminoso tem acesso ao seu aplicativo de mensagens e pode se passar por você. Esse já é mais comum porque os criminosos podem entrar em contato com você, oferecendo uma promoção de uma loja, sorteio, dentre outros exemplos.

Com isso, eles induzem o usuário a repassar um código que chegará para ele via SMS, com a intenção de fazer com que você faça essa verificação.

Dessa forma, os golpistas conseguem clonar o seu celular, pois eles cadastram o seu aplicativo (com o número do seu telefone) em outro aparelho.

Assim, eles têm livre acesso e podem controlar o App de mensagens, se passando por você com o objetivo de aplicar golpe em outras pessoas.

Celular clonado: como se prevenir?

  • Não disponibilize suas senhas para terceiros;
  • Não deixe seu celular desbloqueado;
  • Evite clicar nos links que podem vir por meio de mensagens ou SMS. Cheque sempre todos os links;
  • Mantenha ativadas todas as camadas de proteção, senha e verificação do aplicativo;
  • Entre em contato com a equipe de suporte do aplicativo, em casos de problemas.

Conteúdos que você precisa conhecer

Fique com a gente a aproveite esse momento para ler outros artigos da Foregon:

Descomplicamos?

Esperamos que você tenha gostado do nosso conteúdo. Em casos de dúvidas a respeito de como funciona o golpe do celular clonado, envie seu comentário para que possamos responder. Até a próxima!

Gostou? Deixe seu curtir
Compartilhe
Janaína Tavares

Jornalista e Especialista em Produtos e Serviços Financeiros na Foregon, a Janaína (ou Jana). Como redatora, ama os conteúdos sobre dicas financeiras. Preza pela checagem de todas as informações e o conteúdo perfeito para ela, é aquele que ajuda o leitor a resolver um problema, ensinando e orientando o leitor a tomar a melhor decisão.

Ver todos os posts

Deixe seu comentário

Leia também

Pix: saiba o que você já pode pagar utilizando esse sistema

Viagem dos sonhos: como se organizar e juntar dinheiro?

Instagram como ferramenta de negócios: guia completo

Como recarregar Bilhete Único pelo celular?

PicPay: como fazer cobranças pelo aplicativo?

Caixa abre 10 mil vagas de emprego para concursados, estagiários e aprendizes

Open Banking ou Open Finance: o que você precisa saber sobre esses sistemas

Não consegue guardar dinheiro? Conheça a “poupança por assinatura”