Ir para o conteúdo principal
Foregon.comConteúdos

Como conseguir um emprego durante e após a pandemia

Por Banco PANPublicado em

A má notícia para você, que perdeu o emprego durante a pandemia da Covid-19 ou que já vinha tentando a recolocação profissional, é que o mundo inteiro entrou numa enorme crise econômica. Segundo o IBGE, por causa da pandemia, em maio a taxa de desemprego no Brasil chegou a 12,8%.

Quando a pandemia passar, a crise também tende a passar em algum momento. Ainda não se sabe com que velocidade a Economia brasileira vai retomar o crescimento. Quem é a favor do governo diz que o reaquecimento vai ser rápido e quem é contra, que vai ser lento. Só uma coisa é certa: você não tem alternativa. Só resta procurar emprego.

O novo normal

Uma mudança é dada como garantida para depois da pandemia: mais empresas vão adotar o home office. Com a necessidade de quarentena, uma quantidade enorme de pessoas foi obrigada a trabalhar de casa e muitas empresas descobriram que fazer home office não é nada mal.

Imperdível
Sua chance de ter um cartão de crédito sem anuidade78.477 pessoas já pediram
Ver cartão
Encerra em 16:20

Por isso, você vai precisar se preparar para trabalhar em home office. Essa é apontada como uma grande tendência para o chamado "novo normal", nome dado aos novos hábitos incorporados durante a pandemia. Trabalhar de casa é uma delas.

Uma pesquisa feita pelo Instituto Renoma a pedido da IstoÉ mostra que nem todo o mundo aceita muito bem a ideia de trabalhar de casa. A cada dez pessoas, quatro dizem que lidam bem com o home office, quatro dizem que tanto faz e duas não gostam. Não seja uma dessas duas porque pode ser que seu próximo emprego exija isso de você.

Até empresas mais tradicionais, como a Petrobras, já anunciaram que vão aderir. Quase metade dos seus 21 mil funcionários vão seguir em home office depois da pandemia. A Petrobras é só um caso para servir de exemplo do que vem por aí. O Ipea (Instituto de Pesquisa Econômica e Aplicada) estima que 22,7% das profissões vá adotar o home office. Isso significa mais de 20 milhões de brasileiros trabalhando de casa de agora em diante.

Habilidades

Uma coisa, porém, nunca mudou: empresas precisam de pessoas qualificadas em suas áreas. Além de aceitar as novidades do "novo normal", você vai precisar mostrar qualidades que vão além da simples formação básica para conseguir um emprego. Não custa usar o tempo livre neste momento para estudar um pouco mais. Existem diversos cursos gratuitos para você fazer durante e depois da quarentena e melhorar o seu currículo.

Embora muitas empresas usem formulários ou sistemas próprios de candidatura, muitas vezes você vai ter de encaminhar um currículo em PDF. Por isso, é importante ter um pronto. Então, procure um modelo de currículo na internet e crie um em PDF da maneira certa.

A maioria das empresas recebe os currículos de três maneiras:

  1. Pela área do tipo "trabalhe conosco" de seus próprios sites. Então, acesse os sites das empresas e preencha os formulários ou envie seus currículos por lá.
  2. Por meio de sites como Catho, Vagas e outros parecidos, que anunciam as vagas e fazem o processo seletivo de forma organizada. Vale a pena se cadastrar em todos esses sites porque eles são gratuitos — embora alguns ofereçam pacotes de serviços, que são opcionais.
  3. Muitas empresas fazem o processo seletivo via LinkedIn. Mantenha seu currículo atualizado nessa rede social, inclusive com os cursos que você for concluindo.

Para os três casos, crie uma rotina diária para buscar as vagas e contatar as empresas. É da disciplina e da persistência que vem o resultado.

Preste atenção para não cometer erros que pegam muito mal. A Catho entrevistou 409 recrutadores e perguntou quais as piores mancadas que eles observam nas redes sociais dos candidatos na hora de fazer um processo seletivo.

Os erros mais citados foram esses:

  • Cometer erros de português (34%);
  • Não ter experiência na área (25%);
  • Não citar objetivo profissional (10%);
  • Morar longe da empresa (9%);
  • Ter má apresentação visual (9%);
  • Ter mais de uma página na mesma rede social (4%).

Enquanto faz a busca diária por emprego, você pode se dedicar a atividades que não apenas preenchem o seu tempo, mas geram uma renda extra para você. Isso pode até permitir que você assine uma conta paga num site de emprego ou mesmo no LinkedIn, o que pode dar a você uma pequena vantagem não para conseguir um emprego, mas para encontrar vagas abertas.

Relacionamento

Indicações sempre foram e continuam sendo uma maneira muito eficiente de conseguir um emprego. Pense com a cabeça de quem está contratando: embora algumas empresas tenham um processo seletivo bastante profissionalizado, outras preferem contratar pessoas que tenham sido indicadas.

Esse relacionamento pode ser pessoal ou por redes sociais. Então, procure manter seus perfis atualizados e ter uma boa atividade, com posts profissionais interessantes e que fortaleçam a sua imagem — em especial, no LinkedIn.

Conseguir um emprego nunca é fácil e em alguns momentos pode bater um desânimo. Mas não resta opção. Você precisa ter perseverança e seguir em frente. Esta é a sua única opção.

Gostou? Deixe seu curtir
Compartilhe
Banco PAN

O Banco PAN atua com foco em pessoas físicas, ofertando crédito consignado (empréstimo e cartão de crédito), financiamento de veículos usados e motos novas, além de conta corrente digital completa, cartões de crédito e venda de seguros

Ver todos os posts

Deixe seu comentário

Leia também

O Auxílio Emergencial vai voltar em 2021?

Conheça o ‘Auxílio Emergencial’ para moradores da cidade de Belém

O que é necessário para receber a vacina contra o coronavírus?

Procon alerta para anúncio falso de vacina contra o covid-19

Como a pandemia afetou a economia brasileira em 2020?

Benefícios de aplicar o Auxílio Emergencial no Nubank ou Banco Inter

Réveillon 2021: festas são canceladas em diversos estados

Digitalização na pandemia: como as empresas têm investido em tecnologia?

  1. Home
  2. Conteúdo
  3. Especial coronavírus