Ir para o conteúdo principal
Foregon.comConteúdos

Como deve ser a educação no mundo pós-pandemia?

Por Camila SilveiraPublicado em

Apesar de muitas pessoas acreditarem que o mundo voltará a ser o mesmo após esse período doloroso, devemos entender que a crise da Covid-19 nos trouxe inúmeros ensinamentos, que devemos encarar como oportunidades para o futuro. Afinal, como tudo vai ser no mundo pós-pandemia? 

Dentre os temas que devemos considerar, está a educação. As novas metodologias de ensino à distância, o uso da internet como forma de ensinar, a comunicação entre professores e alunos, entre outros exemplos, vieram para ficar? Confira, neste artigo, como deve ser a educação, após essa crise mundial.

Como deve ser a educação no mundo pós-pandemia?

1. Transformação digital em empresas educacionais

Instituições que nunca adotaram a tecnologia em seus processos educacionais provavelmente sofrerão mais durante os próximos meses e anos. De acordo com uma pesquisa de 2018, da consultoria americana Gartner, as empresas que não se tornassem expressivamente digitalizadas até 2020, deixariam de ser competitivas.

Imperdível
Sua chance de ter um cartão de crédito sem anuidade78.477 pessoas já pediram
Ver cartão
Encerra em 16:20

O estudo provou que estava certo quando tudo começou nos primeiros meses de 2020. A transformação digital e os seus métodos dinâmicos de ensino oferecem ganho de eficiência e otimização de diversos recursos, como tempo das equipes e aproveitamento das aulas em situações, como essa que estamos vivendo.

Dessa forma, acreditamos que a tecnologia estará mais presente na educação após a pandemia e, como resultado, estaremos mais preparados para enfrentar os desafios futuros.

2. Aprendizagem por meio da tecnologia

A partir da tecnologia, como o processo de aprendizagem será implementado nestas empresas? Quantas delas estarão realmente preparadas para lidar com isso? Para superar o desafio, podemos levar em consideração as inúmeras ferramentas disponíveis na internet, como Google Meet para vídeo-aulas, e-mail e WhatsApp para interação, e assim por diante.

É claro que a comunicação não será a mesma, mas é necessário entender que esse será um processo de adaptação, por isso, os envolvidos precisarão de calma, paciência e compreensão. Acredite, as iniciativas mais bem sucedidas passam pela transmissão de aulas com interação entre professores e estudantes.

3. Geração de valor para o estudante

O grande propósito das empresas educacionais deve ser gerar valor aos alunos, garantindo que eles sejam os protagonistas na jornada de construção do conhecimento. No momento de pandemia, todas as instituições devem revisar suas metodologias com eficácia e manter um bom canal de comunicação com todos eles.

Após a pandemia, aumentará a necessidade de espaço disciplinares que permitem a implementação de didáticas inovadoras. Poderão surgir tecnologias, como realidade virtual, câmeras 360º, aplicativos para desenvolvimento de projetos colaborativos e até mesmo jogos para os alunos!

4. Desenvolvimento de habilidades comportamentais

Estudos sobre o futuro revelam que habilidades comportamentais são extremamente importantes em momentos de mudanças. A capacidade de se adaptar, resolver problemas e ter um pensamento inovador são habilidades indispensáveis para o momento atual e na construção do "novo normal".

Sendo assim, as empresas educacionais devem investir no desenvolvimento dessas habilidades em seus profissionais e incluí-las em metodologias de ensino, para que todos estejam preparados para episódios futuros.

5. Aceleração do futuro

Alguns estudiosos revelam que a pandemia do coronavírus funcionará como "um acelerador de futuros". Melhor dizendo, as mudanças que imaginávamos para um período distante, foram completamente antecipadas. Portanto, neste cenário, no qual novas soluções precisam ser apresentadas rapidamente, tire as suas ideias do papel e reavalie-as nesse novo período.

Talvez, esse seja o momento ideal para que as suas metas possam ser concretizadas com eficácia superior ao que seria em outro período. Em situações instáveis, tem o melhor desempenho quem possui a habilidade de identificar oportunidades e mudanças. Portanto, coloque suas ideias em prática e garanta novas posições!

Gostou do conteúdo?

Esperamos que sim. Qualquer dúvida, sobre educação no mundo pós-pandemia, deixe um comentário que ajudaremos você. Até a próxima!

Gostou? Deixe seu curtir
Compartilhe
Camila Silveira

Redatora e Especialista em Produtos e Serviços Financeiros na Foregon, adora descomplicar os cartões de crédito, empréstimos, financiamentos, seguros, contas digitais, entre outros. Boa parte do seu trabalho é acompanhar a movimentação dos bancos e instituições financeiras para trazer as principais notícias do mercado.

Ver todos os posts

Deixe seu comentário

Leia também

O Auxílio Emergencial vai voltar em 2021?

Conheça o ‘Auxílio Emergencial’ para moradores da cidade de Belém

O que é necessário para receber a vacina contra o coronavírus?

Procon alerta para anúncio falso de vacina contra o covid-19

Como a pandemia afetou a economia brasileira em 2020?

Benefícios de aplicar o Auxílio Emergencial no Nubank ou Banco Inter

Réveillon 2021: festas são canceladas em diversos estados

Digitalização na pandemia: como as empresas têm investido em tecnologia?

  1. Home
  2. Conteúdo
  3. Especial coronavírus