Ir para o conteúdo principal
Foregon.comConteúdos
Acesse sua conta

Como ensinar crianças sobre educação financeira em casa?

Por Sabrina VansellaPublicado em

Quem nunca se perguntou, por que nas escolas não aprendemos sobre educação financeira? E por conta disso, um país como o Brasil, nem mesmo os adultos estão preparados para lidar com o dinheiro.

Por este motivo, é importante ensinar educação financeira para as crianças em sua própria casa, mesmo com conhecimentos básicos, por exemplo, lidar com mesada e impor limites. 

Esses detalhes podem transformar a criança, para que no futuro tenha facilidade em desenvolver conhecimentos relacionados ao dinheiro e responsabilidade. Selecionamos algumas dicas que podem facilitar este processo! Confira:

Imperdível
Sua chance de ter um cartão de crédito sem anuidade78.477 pessoas já pediram
Ver cartão
Encerra em 16:20

Seja o exemplo

Primeiramente, antes de começar falar é preciso ser o exemplo. Mesmo que adultos não percebam, são constantemente observado pelas crianças. Independente do grau de parentesco da criança que queira ensinar, aplique o conhecimento na sua realidade. 

Momentos simples também podem trazer algum aprendizado. Até mesmo uma visita a sorveteria. Peça para a criança fazer o pedido mas com um orçamento estabelecido, e explique o valor de cada item.

Explique o valor do dinheiro

Para a criança ter maior entendimento do valor das coisas, explique que para comprar algo é necessário dar o dinheiro em troca.

E mesmo que pareça simples conseguir ter o dinheiro, como muitos imaginam, que é apenas ir ao banco, na verdade ele vem como fruto do seu trabalho e tempo.

Com certeza, depois que explicar isto vai entregar um embasamento, e toda vez que a criança tiver contato com o dinheiro ela lembrará.

Cuidado com o que fala

As palavras têm poder e devem ser escolhidas antes de serem verbalizadas. Algumas crenças podem influenciar na vida adulta da criança, como frases "não vale a pena guardar dinheiro" e "nunca é possível guardar o suficiente", entre outras. Por isso, tome cuidado!

Mostre que poupar é bom

Evidencie para os pequenos que mesmo que o dinheiro esteja disponível, se for guardado por um certo tempo mesmo que em poucas quantias, possível comprar coisas maiores. Mostre com fatos e exemplos da sua vida. Isso vai inspirar a criança.

  • Os clássicos cofrinhos: estabeleça uma data para abrirem o cofrinho juntos e estimule a criança a guardar as moedas que estão espalhadas pela casa e as notas de menor valor. 

Dê uma mesada ou semanada

É essencial a criança sentir que está no controle do dinheiro e que suas decisões trazem consequências que nem sempre são reversíveis.

E claro, para crianças mais novas dê uma pequena quantia semanal e não acabem gastando o dinheiro todo de uma vez, para depois conseguir evoluir para a mesada.

Comparar os preços

Depois que a criança se adapta com a mesada ou a semanada, é preciso deixar claro que os preços podem variar dependendo do estabelecimento. Mostre que uma boa pesquisa pode poupar dinheiro para outras compras. Ensine como olhar na internet ou até mesmo nas lojas.

A importância da doação

Por fim, deixe claro que acumular não é algo bom, e o que a criança não usa mais pode ser útil para outra. Isso vai estimular a generosidade.

Ajudamos?

Esperamos ter ajudado você com esse conteúdo. Qualquer dúvida, deixe um comentário para nós e até a próxima!

 

Gostou? Deixe seu curtir
Compartilhe
Sabrina Vansella

Redatora e Especialista em Produtos e Serviços Financeiros na Foregon, se identifica com conteúdos noticiosos e sobre dicas financeiras. Procura simplificar e melhorar a qualidade de vida dos usuários e, para isso, preza por uma pesquisa assídua e uma escrita clara.

Ver todos os posts

Deixe seu comentário

Leia também

Melhores corretoras para day trade: guia completo

Como pagar o IPVA através do site ou App do Itaú

Cashback é um gatilho mental ou uma forma de ganhar dinheiro?

CLT e MEI: é possível ser os dois ao mesmo tempo?

Inteligência financeira: o que é e como desenvolver a sua?

Ganho de capital: o que é e quem deve declarar no Imposto de Renda

Imposto de Renda 2021: por que não vou receber a restituição?

Banco do Brasil: veja como antecipar a restituição do Imposto de Renda